Domingo, 26 de maio de 2024

Porto Alegre
Porto Alegre, BR
12°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Política Mulher que teria financiado transporte e hospedagem de manifestantes radicais se entrega à Polícia Federal no Rio

Compartilhe esta notícia:

Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal e Palácio do Planalto foram invadidos e depredados no dia 8 deste mês

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal e Palácio do Planalto foram invadidos e depredados no dia 8 de janeiro. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Uma mulher de 48 anos, identificada como Elizângela Cunha Pimentel Braga, se entregou à PF (Polícia Federal) em Campos dos Goytacazes (RJ), na noite de segunda-feira (16), após uma operação contra suspeitos de organizar e financiar atos extremistas em Brasília.

Ela compareceu à delegacia acompanhada da sua defesa. Segundo as investigações, a mulher, que é da cidade de Itaperuna (RJ), recebeu doações que foram repassadas para os moradores de Campos dos Goytacazes que estavam acampados em Brasília. A PF vai analisar celulares, computadores e anotações apreendidos na casa de Elizângela durante a Operação Ulysses.

Na manhã de segunda, a PF prendeu o bombeiro militar do Rio de Janeiro Roberto Henrique de Souza Júnior, de 52 anos. Ele é um dos três alvos de mandados de prisão da operação. A PF ainda procura por uma terceira pessoa.

O militar foi encaminhado para o Quartel dos Bombeiros de Campos, e a mulher que se entregou, para o presídio feminino da cidade.

Conforme a PF, há provas de que os três alvos de pedidos de prisão da Operação Ulysses financiaram o transporte e a hospedagem de apoiadores de Jair Bolsonaro que foram para Brasília participar dos atos contra as sedes dos Três Poderes, no dia 8 deste mês.

Eles também estariam envolvidos em bloqueios de rodovias durante protestos contra o resultado da eleição presidencial.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Agência Nacional de Vigilância Sanitária proíbe a fabricação de sete produtos para cabelos; saiba quais são
Governo federal dispensa 40 militares que atuavam no Palácio da Alvorada
https://www.osul.com.br/mulher-que-teria-financiado-transporte-e-hospedagem-de-manifestantes-radicais-se-entrega-a-policia-federal-no-rio/ Mulher que teria financiado transporte e hospedagem de manifestantes radicais se entrega à Polícia Federal no Rio 2023-01-17
Deixe seu comentário
Pode te interessar