Segunda-feira, 06 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Light Rain

Brasil Na CCJ do Senado, jornalista do Intercept denuncia ameaças e diz ter novos materiais sobre a Lava Jato

Glenn Greenwald é jornalista do site Intercept Brasil. (Reprodução TV Senado)

Em audiência da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, os parlamentares receberam o editor do site Intercept Brasil, Glenn Greenwald, nesta quinta-feira (11). Na ocasião, o jornalista denunciou que está recebendo ameaças. O site de Glenn vem divulgando, nas últimas semanas, uma série de mensagens atribuídas ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e aos procuradores da Operação Lava Jato.

Na CCJ, o jornalista ainda prometeu novas revelações, afirmando que possui materiais sobre o caso que ainda não foram publicados. Ainda conforme ele, o conteúdo é de interesse da sociedade. “Tem muito, mas muito mais material do interesse público, sobre muitos assuntos que ainda vão ser reportados, que estamos trabalhando”, afirmou. Glenn também declarou que as ameaças não impedirão seu trabalho: “As ameaças são graves, mas não vão impedir a reportagem. Nem um pouco”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Deputados estaduais e representantes do setor agropecuário discutem a retirada da vacina contra a febre aftosa nos rebanhos gaúchos
Aposta única ganhou os R$ 8,1 milhões da Mega-Sena
Deixe seu comentário
Pode te interessar