Sábado, 24 de Outubro de 2020

Porto Alegre

Esporte Na volta de Neymar, o Paris Saint-Germain vence o Reims

Compartilhe esta notícia:

Neymar sente dores após uma entrada dura de um dos jogadores do Reims (Foto: Getty Images)

Fora de casa, o Paris Saint-Germain (PSG) venceu o Reims neste domingo (27) por 2 a 0, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Francês. A partida foi a primeira do atacante Neymar depois que ele cumpriu suspensão pela expulsão polêmica no clássico contra o Olympique de Marselha. Os dois gols da vitória do PSG foram marcados pelo centroavante Icardi, um em cada tempo.

Retorno com boa atuação e vaias

Expulso na derrota para o Olympique de Marselha, Neymar ficou fora das partidas contra Metz e Nice. Passado o episódio envolvendo ele e o zagueiro Álvaro González, o brasileiro teve boa atuação neste domingo. Foram quatro finalizações e quatro passes decisivos, além de cinco dribles. Neymar foi alvo de vaias por parte da torcida do Reims durante o segundo tempo. Ele foi também o jogador que mais sofreu faltas na partida: seis no total.

Posições na tabela e próximos jogos

Com essa vitória por 2 a 0, o Paris Saint-Germain sobe para o sétimo lugar na classificação. Seu próximo compromisso será contra o Angers, na sexta-feira (02). Já o Reims, penúltimo colocado, enfrenta na próxima rodada o Rennes, atual líder da competição, no domingo.

Assistências

No geral, o atacante Mbappé não fez uma grande partida contra o Reims. Foi o jogador do Paris Saint-Germain com o pior aproveitamento nos passes (76,2%). Além disso, errou em várias tomadas de decisão. Mas o atacante francês foi o autor das duas assistências para os dois gols de Icardi.

Insatisfação do técnico

Apesar da vitória, o técnico do PSG se mostrou insatisfeito com a produção ofensiva da equipe e foi muito claro a respeito disso.

“Para que [a atuação do time] fosse totalmente positiva seria necessário matar o jogo antes e fechar os espaços no segundo tempo. Estava muito aberto. Muitas bolas fáceis foram perdidas. Há coisas a melhorar. A verdade é que nos últimos jogos nós criamos muitas chances, hoje foram mais sete ou oito, mas precisamos marcar mais gols e recuperar nossa eficiência. Se pudermos marcar oito gols, temos que converter os oito. Eu realmente quero que sejamos sérios, temos a qualidade para isso e peço que melhoremos”, declarou Tuchel ao final da partida.

Mais uma vez, Neymar atuou centralizado e um pouco mais recuado. Tuchel afirmou que sua intenção era usar Neymar de ‘camisa 10’, mas ele trabalhou tanto defensivamente que acabou atuando como um ‘camisa 8’.

“Ele trabalhou muito defensivamente no primeiro tempo. Eu queria que ele jogasse como um 10, mas ele jogou como um 8. Isso não o impediu de ter um ótimo jogo. No geral tivemos um bom primeiro tempo. Criamos muitas chances, mas perdemos outras tantas. Temos que matar o jogo depois de 20 minutos, deveria ter sido 3 ou 4 a 0. Eu não estou contente com o segundo tempo, não foi sério, agressivo e intenso o suficiente”, explicou Tuchel.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Não foi o maior dos dias: Hamilton quer apenas seguir em frente após GP da Rússia
Cristiano Ronaldo faz dois, e a Juventus empata com um a menos contra a Roma fora de casa
Deixe seu comentário
Pode te interessar