Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

Últimas No meio do casamento, homem exibe em telão vídeo de noiva fazendo sexo com cunhado

Vídeo viralizou na China e há suspeita de golpe de marketing.

Foto: Reprodução/Twitter
Vídeo viralizou na China e há suspeita de golpe de marketing. (Foto: Reprodução/Twitter)

“Você pensou que eu não sabia?”, essa foi a frase dita por um homem à sua noiva ao exibir, no meio do casamento, um vídeo íntimo dela com o cunhado, na China. Traído, ele não teve dúvidas ao expor o filme de sexo de cinco minutos em um telão na frente de familiares e amigos. As imagens viralizaram em todo o mundo.

O vídeo impróprio foi anunciado pelo mestre de cerimônias como imagens de como os noivos cresceram. Segundo o jornal “Daily Mail”, o casamento ocorreu na província de Fujian, no sudeste da China, e o casal estava junto há dois anos. No meio da exibição, a mulher joga o buquê no seu ex-futuro marido e familiares precisaram separa-los.

O blogueiro Jiang Zhe Hu Ba Jie afirmou que o caso amoroso realmente existia, mas que ele só havia começado após a mulher sofrer violência doméstica do noivo. Jie acrescentou que a noiva e seu cunhado desenvolveram sentimentos um pelo outro depois que ele começou a mediar o caso de violência.

Golpe de marketing

O flagrante provocou protestos entre internautas. Enquanto alguns acreditam que o incidente é real, outros argumentam que tudo foi uma farsa compartilhada por um aplicativo de vídeo como estratégia de marketing.

Essa é a aposta de Zha, outro blogueiro da região. Ele acredita que incidente foi um golpe de marketing já que o vídeo exibido no casamento teria o logotipo de um aplicativo de vídeo. “Outra coisa, quem lavaria a roupa suja em um aplicativo de vídeo?”, indaga o influenciador.

Os vídeos foram removidos da plataforma em que foram divulgados, mas ainda circulam nas redes sociais.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Últimas

Obtenção de superávit comercial não é objetivo, diz secretário
Ministério da Agricultura unifica normas para fiscalização de vinhos nacionais e importados
Deixe seu comentário
Pode te interessar