Terça-feira, 14 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Fair

Brasil O Brasil já tem mais de 465 mil casos confirmados e mais de 27 mil mortes por coronavírus

Compartilhe esta notícia:

A escalada de vítimas ocorre em meio a anúncios de planos de flexibilização da quarentena por Estados e municípios. (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O balanço divulgado nesta sexta-feira (29) pelo Ministério da Saúde registrou 26.928 novas pessoas infectadas com o novo coronavírus no Brasil, totalizando 465.166. O resultado marcou um acréscimo de 6,1% em relação a quinta-feira (28), quando o número de pessoas infectadas estava em 438.238.

A atualização do Ministério da Saúde registrou 1.124 novas mortes nesta sexta, chegando a 27.878. O resultado representou um aumento de 4,2% em relação a quinta-feira, quando foram contabilizados 26.754 falecimentos por Covid-19.

Do total de casos confirmados, 247.812 estão em acompanhamento e 189.476 foram recuperados. Há ainda 4.245 óbitos sendo analisados.

A letalidade (número de mortes pelo de casos confirmados) ficou em 6% e a mortalidade atingiu 13,3 por 100 mil habitantes.

São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no País, concentrando o maior número de falecimentos (7.275). O Estado é seguido pelo Rio de Janeiro (5.079), Ceará (2.859), Pará (2.827) e Pernambuco (2.669).

Além disso, foram registradas mortes no Amazonas (2.011), Maranhão (911), Bahia (609), Espírito Santo (560), Alagoas (406), Paraíba (327), Rio Grande do Norte (268), Minas Gerais (257), Rio Grande do Sul (213), Amapá (207), Paraná (173), Distrito Federal (154), Piauí (146), Rondônia (145), Santa Catarina (134), Sergipe (142), Acre (135), Goiás (119), Roraima (108), Tocantins (70), Mato Grosso (56) e Mato Grosso do Sul (18). O total de casos e mortes pode ser maior devido à atualização constante das secretarias de Saúde dos Estados e municípios. No Rio Grande do Sul, por exemplo, a Secretaria Estadual da Saúde confirmou 216 mortes pelo coronavírus nesta sexta-feira.

Já em número de casos confirmados, o ranking tem São Paulo (101.556), Rio de Janeiro (47.953), Amazonas (38.909), Ceará (38.395) e Pará (36.486). Entre as unidades da federação com mais pessoas infectadas estão ainda Pernambuco (32.255), Maranhão (30.482), Bahia (16.917), Espírito Santo (12.903) e Paraíba (12.011).

Doações

O governo federal, por meio da campanha Todos por Todos, já arrecadou e entregou, até o momento, 22,7 milhões de itens, como ventilador pulmonar, máscaras, álcool gel e kits de testagem rápida. Também foram arrecadados R$ 10,8 milhões, doados por 3.904 pessoas físicas e jurídicas por meio do programa Pátria Voluntária, via campanha Arrecadação Solidária, destinado à instituições sem fins lucrativos.

Todas as arrecadações, financeiras e de insumos, são gerenciadas pelo Ministério da Economia que, com apoio do Ministério da Saúde, direciona as doações, conforme as necessidades das Secretarias Estaduais de Saúde. As intenções de doações, que não vão para a Saúde, são compartilhadas com os demais ministérios, a partir da análise da necessidade de cada um. As informações são da Agência Brasil e do Ministério da Saúde.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

O Rio Grande do Sul tem 216 mortes por coronavírus e o número de casos confirmados passa de 8.800
A campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até o dia 30 de junho
Deixe seu comentário
Pode te interessar