Sábado, 08 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Mostly Cloudy / Wind

Brasil O Brasil tem 3,09% da população vacinada contra o coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Brasil segue em 5º no ranking mundial de doses aplicadas, mas é apenas o 60º no levantamento proporcional à população. (Foto: Alex Rocha/PMPA)

O balanço da vacinação contra o coronavírus do sábado (27) aponta que 6.535.363 de pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra o coronavírus, segundo dados divulgados até as 20h. O número representa 3,09% da população brasileira.

A segunda dose já foi aplicada em 1.918.062 pessoas (0,91% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal. No total, 8.453.425 doses foram aplicadas em todo o país.

As secretarias de saúde do Acre, do Amapá, do Ceará, do Distrito Federal, do Espírito Santo, do Maranhão, do Paraná, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, de Sergipe e do Tocantins não atualizaram o número de vacinados no sábado (27).

A Secretaria de Saúde de Pernambuco retificou o número de pessoas vacinadas divulgado na última sexta-feira (26). A quantidade correta de trabalhadores da saúde que foram imunizados até aquela data foi de 233.335 e não de 283.607, como foi divulgado no boletim. Por conta disso, o número total de imunizados até a última sexta no estado reduziu para 390.880.

Brasil, 27 de fevereiro: 

– Total de pessoas que receberam ao menos uma dose: 6.535.363 (3,09% da população)

– Total de pessoas que receberam duas doses: 1.918.062 (0,91% da população)

– Total de doses aplicadas: 8.453.425 (58,32% das doses recebidas pelos estados)

Divulgaram dados novos (16 estados): AL, AM, BA, GO, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, RJ, RO, RN, RR e SP.

Divulgaram dados em dias anteriores (10 estados e Distrito Federal): AC, AP, CE, DF, ES, MA, PR, RS, SC, SE e TO.

Nova remessa

Uma nova remessa do IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) para produção de 12,2 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 chegou ao Brasil no sábado (27).

De lá, o material seguiu para a unidade da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) em Manguinhos, no Rio. Segundo a Fiocruz, a nova remessa, da vacina Oxford-AstraZeneca, complementa a quantidade de insumos necessários para a produção das 15 milhões de doses da vacina previstas para o mês de março.

O primeiro lote de IFA chegou à Fiocruz no último dia 6, suficiente para 2,8 milhões de doses, que já estão sendo processadas. “As vacinas serão entregues ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) após o deferimento do registro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), cuja análise tem seguido de forma paralela à produção. Até junho, a fundação vai receber lotes de IFA para totalizar a produção de 100,4 milhões de doses da vacina”, informou a Fiocruz.

Após a chegada do IFA na Fiocruz, amostras serão enviadas para o controle de qualidade. Em seguida, serão realizados o descongelamento e o processamento final, que ocorre em quatro etapas: formulação, envase e recravação, inspeção e rotulagem e embalagem. Na formulação, o IFA é descongelado e diluído para receber estabilizadores, que garantem a integridade e preservação do princípio ativo.

Durante o processamento da vacina, são retiradas amostras de todos os lotes, que são encaminhadas para um controle de qualidade interno a fim de garantir sua segurança e eficácia. Após o resultado, as vacinas são liberadas para entrega a todos os estados brasileiros.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Confira o desempenho do Grêmio nos jogos de ida em finais de Copa do Brasil
Mega-Sena: Aposta do Rio leva sozinha prêmio de 49 milhões de reais
Deixe seu comentário
Pode te interessar