Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre

Porto Alegre O índice de isolamento social caiu em Porto Alegre nesta quinta-feira, mas continua o melhor dentre as capitais brasileiras

Compartilhe esta notícia:

Meta estipulada pela prefeitura é de 55% como mínimo ideal para conter a expansão da pandemia de coronavírus. (Foto: Marcello Campos/O Sul)

Após registrar 61,6%, 43,8% e 50% desde domingo, o índice de isolamento social (permanência das pessoas em casa) caiu para 45,1% em Porto Alegre, afastando-se da meta de 55% estipulada pela SMS (Secretaria Municipal da Saúde) como mínimo ideal para conter a expansão da pandemia de coronavírus. A empresa responsável pelos dados, porém, apontou a taxa como a melhor dentre todas as capitais do País nesta quinta-feira.

Na vice-liderança do ranking das últimas horas aparecem Teresina (Piauí), Rio Branco (Acre) e Salvador (Bahia) todas com 42%. Em terceiro lugar, com 41%, constam Florianópolis (SC), Porto Velho (RO) e Curitiba (PR), seguidas pelos 40% de São Paulo (SP), Fortaleza (CE), Natal (RN), Cuiabá (MT) e Macapá (AP).

Rio de Janeiro (RJ), João Pessoa (PB), Aracaju (SE), Recife (PE), Manaus (AM), Vitória (ES) e Brasília (DF) vêm logo depois, com 39% de isolamento social. Belo Horizonte (MG), Maceió (AL) e Belém (PA) têm 38% cada uma, enquanto Goiânia (GO), Boa Vista (RR), São Luís (MA) e Campo Grande (MS) tiveram 37%. O “lanterna” é Palmas (TO), com 33%.

Metodologia

A cada 24 horas, um “contador virtual” da prefeitura marca o índice de isolamento social contabilizado no dia anterior, no âmbito da campanha “Desafio Porto Alegre”, cujo objetivo é  conscientizar e engajar a população em torno da necessidade de isolamento social para conter a expansão da pandemia de coronavírus. O índice considerado como mínimo ideal na capital gaúcha é de 55%.

Para calcular a estimativa de movimentação de pessoas, a InLoco utiliza os sinais de celulares como referência, dividindo o mapa de Porto Alegre em centenas de pequenos núcleos com raio de 450 metros cada um. Assim, é possível verificar quantas pessoas transitam de um núcleo para outro a cada dia, quantas circulam pelas ruas e quantas permanecem em suas residências.

“O Índice de Isolamento Social, criado para contribuir no combate à disseminação da Covid-19, vem sendo aprimorado desde o seu lançamento com o objetivo único de fornecer, de forma eficiente, dados cada vez mais precisos para o poder público e institutos de pesquisa”, assegura a empresa parceira.

Segundo a administração municipal, o sistema utilizado monitora cerca de 540 mil celulares da Capital e não tem custos para o Executivo. “Os dados obtidos são anônimos e têm uso meramente estatístico, com proteção das garantias e dos direitos fundamentais de privacidade dos usuários de telefonia”, garante o site oficial www.prefeitura.poa.br.

O maior nível (71%) na cidade mais populosa do Rio Grande do Sul foi registrado em 22 de março (um domingo). Para se ter uma ideia mais ampla do ponto-de-vista compativo, antes da pandemia a média de isolamento na cidade era de 28%.

(Marcello Campos)

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

O Senado adia a votação da medida que altera as regras trabalhistas
Ministro do Supremo determina que Procuradoria-Geral da República se posicione sobre investigação de ministro do Meio Ambiente
Deixe seu comentário
Pode te interessar