Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Cloudy

Brasil O ministro da Justiça, André Mendonça, está com coronavírus e é o 13º ministro do governo a ser infectado

Compartilhe esta notícia:

Segundo assessoria, Mendonça 'está bem' e ficará em isolamento nas próximas semanas. (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, está com covid-19. A informação foi divulgada pela assessoria do ministério nesta terça-feira (24).

Segundo a equipe da pasta, Mendonça “está bem e permanecerá em isolamento em casa nas próximas semanas”.

Com o anúncio, chega a 13 o número de ministros do governo Jair Bolsonaro que receberam diagnóstico positivo da infecção. O presidente e a primeira-dama, Michelle, também tiveram o vírus.

Além de Mendonça, foram infectados: Eduardo Pazuello (Saúde), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Milton Ribeiro (Educação), Onyx Lorenzoni (Cidadania), Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações), Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União), Braga Netto (Casa Civil), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral), Marcelo Álvaro Antônio (Turismo) e Fábio Faria (Comunicações).

Em setembro, Mendonça foi internado para exames médicos depois de um mal-estar durante a madrugada. Ele foi diagnosticado na oportunidade com “miocardite aguda, inflamação do músculo do coração desencadeada, na maioria das vezes, por um processo viral”.

O ministro chegou a passar por um cateterismo, porém a suspeita de infarto foi descartada.

Osmar Terra

O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) foi internado com covid-19 no fim de semana, no Hospital São Lucas da PUCRS, em Porto Alegre. Pelas redes sociais, o parlamentar disse que está “fazendo exames de avaliação e fisioterapia complementar no tratamento da Covid”.

Segundo publicou Terra no Twitter, o objetivo da internação é “acelerar volta ao trabalho o mais breve possível”. Procurada, sua assessoria não informou previsão de alta. Quando Terra foi internado, o hospital informou que “o paciente seguirá em observação durante os próximos dias”.

Segundo boletim divulgado na tarde de segunda (23), o deputado “encontra-se estável e sentindo-se confortável, com bom padrão respiratório respondendo as medidas adotadas até o momento”.

Osmar Terra, que já minimizou a covid-19 em diversas oportunidades, anunciou ter contraído a doença há nove dias. Na ocasião, o parlamentar escreveu no Twitter que estava “bem e sem sintomas”, e que havia iniciado “tratamento precoce com hidroxicloroquina e ivermectina”.

Segundo informou sua assessoria, o deputado tomou ivermectina e hidroxicloroquina apenas pelo “período mínimo recomendado, que foi de cinco dias”. Não há, no entanto, pesquisas conclusivas que apontem para a eficácia desses medicamentos no tratamento da covid-19.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) já destacou que não há eficácia comprovada da hidroxicloroquina contra a covid-19 e alertou para a gravidade de seus efeitos colaterais.

A conclusão de um estudo feito pela Universidade Federal de Viçosa indica que, além de ineficaz no tratamento da covid-19, a hidroxicloroquina pode causar efeitos colaterais significativos no corpo humano, comparados a medicamentos usados na quimioterapia.

Quanto à ivermectina, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reforçou em julho que o medicamento não é recomendado para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus.

Katia Abreu

Diagnosticada com covid-19, a senadora Kátia Abreu (PP-TO) segue internada no hospital Sírio Libanês, em São Paulo. De acordo com a assessoria de imprensa, exames apontaram que o grau de comprometimento dos pulmões está abaixo de 50%, o que é considerado gravidade moderada — até 25% significa baixa gravidade e acima dos 50%, alta gravidade.

A senadora está tomando corticoide, antibióticos e anticoagulante. A informação é que a parlamentar deverá ficar internada nos próximos dias até passar o período considerado crítico.

No hospital, está sendo acompanhada pelo marido e atendida pelo infectologista Dr. David Uip, que é seu médico há anos, segundo a nota divulgada.

A parlamentar anunciou que está com a covid-19 no dia 17. Ela não precisou de nenhum tipo de intubação e não está na UTI.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

O Brasil passa de 170 mil mortes por coronavírus desde o início da pandemia
Comissão mista do Congresso convida o ministro da Saúde para falar sobre as vacinas contra o coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar