Quarta-feira, 01 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Esporte O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, foi diagnosticado com coronavírus

Bolzan já está em quarentena e apresenta bom estado clínico (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr. está com coronavírus. O clube anunciou o resultado do teste do mandatário em seu site oficial na noite deste domingo (22).

“O presidente do Conselho de Administração Romildo Bolzan também foi submetido nas últimas horas ao teste de checagem para detecção do Covid-19, obtendo resultado positivo. O mandatário gremista encontra-se em bom estado de saúde e em  isolamento residencial  há oito dias.

Seguindo as recomendações médicas e o protocolo dos órgãos de saúde pública, Romildo Bolzan irá permanecer em quarentena”, declarou o Clube.

No sábado (21), o Grêmio já havia confirmado o terceiro caso de contaminação pelo coronavírus em sua diretoria. A vítima da Covid-19 é o vice-presidente Marco Bobsin, de 68 anos. Outros dois casos da doença haviam sido anunciados na sexta-feira (20).

De acordo com um comunicado divulgado pelo clube gaúcho, Bobsin está internado no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, para observação e seu estado de saúde é bom. Em breve ele deverá ser mandado para casa, onde vai cumprir um período de quarentena.

Antes de Marco Bobsin, também tiveram resultado positivo no teste do coronavírus Claudio Oderich, outro vice-presidente gremista, e o assessor adjunto das categorias de base, Eduardo Fernandes. Luiz Ferrari Júnior, também assessor da base tricolor, teve resultado negativo em seu exame.

Na sexta, o Grêmio promoveu uma bateria de testes e aplicação de vacinas no CT Luiz Carvalho. Foram submetidos aos exames os jogadores, os integrantes da comissão técnica e os demais funcionários do Clube, que tomou cuidado para que o atendimento fosse individual, evitando ao máximo o contato entre as pessoas.

Marcelo Medeiros

Marcelo Medeiros, presidente do Internacional testou positivo para coronavírus na sexta-feira (20). O dirigente estava recluso em sua cada em Porto Alegre desde o início da semana, quando passou pelos primeiros exames. Medeiros não apresenta mais sintomas da doença e permanecerá duas semanas em isolamento e repouso.

“Seguindo os protocolos indicados pelos órgãos de saúde, seguirei em isolamento pelos próximos 14 dias. Todas as medidas preventivas já foram adotadas com familiares, amigos e demais membros do clube”, informou Marcelo Medeiros em suas redes sociais.

Na última semana Inter anunciou a suspensão de todas as atividades, depois que a Federação Gaúcha de Futebol confirmou a suspensão do Estadual devido à pandemia do coronavírus.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Por medida de precaução após contato com um caso confirmado de coronavírus, o prefeito de Porto Alegre está em quarentena
O Rio Grande do Sul já tem pelo menos 85 pessoas infectadas pelo coronavírus. Doença ainda não tem casos fatais no Estado
Deixe seu comentário
Pode te interessar