Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Cloudy

Esporte O PSG abre 2 a 0, mas o Monaco busca virada no Campeonato Francês; Neymar volta após 23 dias

Compartilhe esta notícia:

De volta após lesão, Neymar começou no banco e atuou nos últimos 35 minutos de partida. (Foto: Reprodução)

Depois de oito vitórias consecutivas, o Paris Saint-Germain (PSG) voltou a perder no Campeonato Francês, nesta sexta-feira, fora de casa, contra o Monaco. E não foi uma vitória qualquer dos donos da casa, pela 11ª rodada da competição: os líderes abriram 2 a 0 no primeiro tempo, mas viram a equipe adversária tomar conta do jogo na etapa final e buscar a virada por 3 a 2. Mbappé fez os dois do PSG, e Volland (duas vezes) e Fàbregas marcaram para o Monaco. De volta após lesão, Neymar começou no banco e atuou nos último 35 minutos de partida.

Panorama

O PSG ainda lidera a competição de forma isolada, com 24 pontos em 11 jogos – o Lille, que joga no domingo, pode diminuir a diferença para dois. O Monaco, agora com 20, ocupa a segunda posição momentaneamente.

Retorno discreto

Neymar, que teve lesão na partida contra o Basaksehir pela Liga dos Campeões da Europa, voltou a entrar em campo após 23 dias. Ele saiu do banco aos 14 minutos do segundo tempo para entrar na vaga de Di María, quando o Paris Saint-Germain ainda vencia por 2 a 1. Com alguns erros por conta da falta de ritmo, não conseguiu contribuir muito na criação do PSG. Seu melhor lance foi uma cobrança de falta no ângulo que o goleiro Mannone defendeu sem grande dificuldade.

Artilheiro brilha no primeiro tempo

O PSG demorou a deslanchar na partida, mas quando fez deu mostras de que poderia ter uma vida tranquila. Mbappé abriu o placar aos 24 após receber passe de Di María, ganhar na velocidade e bater firme na saída do goleiro. Aos 36, ampliou convertendo pênalti sofrido por Rafinha Alcântara. Perto do intervalo, ainda teve gol anulado por posição de impedimento pouco depois de Kean acertar o travessão rival. O camisa 7 francês chegou a nove gols na competição, isolando-se na artilharia, e a 99 pelo Paris Saint-Germain. Mas o protagonismo no jogo acabaria roubado minutos depois.

Monaco renasce no segundo

A equipe da casa safou-se de um resultado mais elástico e voltou melhor na etapa final. O técnico Niko Kovac fez dua mexidas cruciais, colocando Caio Henrique e Fàbregas no jogo. Ambos foram responsáveis por uma grande melhora no time, que passou a dar trabalho para Keylor Navas. Volland diminuiu aos seis e empatou aos 19, em lances de oportunismo dentro da área. Aos 35, ele sofreu pênalti de Diallo, que foi expulso. Fàbregas cobrou muito bem e completou a ótima virada do Monaco, que administrou até o fim

Próximos jogos

Na 12ª rodada do Francês, o PSG recebe o Bordeaux no dia 28, sábado. No dia seguinte, o Monaco pega o Nimes, novamente em casa. Antes disso, o Paris Saint-Germain volta a campo pela Champions, contra o RB Leipzig, terça-feira (24), no Parque dos Príncipes.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Fifa anuncia que entregará prêmio The Best em 17 de dezembro
Lewis Hamilton é o maior piloto de Fórmula 1 de todos os tempos; Senna aparece em 7º
Deixe seu comentário
Pode te interessar