Sábado, 15 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Rio Grande do Sul O Rio Grande do Sul registra 999 novos casos de coronavírus e 17 óbitos em 24 horas

Compartilhe esta notícia:

Taxa de ocupação dos leitos de UTI em geral é de 91,6%.

Foto: Reprodução
7% de 948.425 necessitaram de hospitalização por SRAG. (Foto: Divulgação)

O Rio Grande do Sul registrou a morte de 17 pessoas em decorrência de complicações do coronavírus e 999 novas infecções. Com estes números, o Estado gaúcho chega ao total de 21.881 mortes por coronavírus e 891.554 casos confirmados da doença. As informações são da Secretaria Estadual da Saúde (SES) que atualizou o boletim sobre a pandemia neste domingo (11).

Segundo a SES, o número de óbitos divulgados neste domingo está defasado devido a uma instabilidade no sistema de informações nacional.

Ainda conforme o boletim da Saúde, do total de pessoas contaminadas, 856.467 (96% dos casos) já se recuperaram.  Outras 13.133 pessoas (1%) seguem em acompanhamento.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI em geral é de 91,6% (3.124 pacientes em 3.411 leitos em unidades de tratamento intensivo).

Os municípios de origem das vítimas da covid-19 são:

Canoas (homem, 70 anos)
Canoas (mulher, 53 anos)
Canoas (mulher, 57 anos)
Canoas (homem, 81 anos)
Canoas (mulher, 59 anos)
Canoas (mulher, 64 anos)
Canoas (mulher, 82 anos)
Canoas (mulher, 60 anos)
Canoas (mulher, 66 anos)
Caxias do Sul (mulher, 81 anos)
Encantado (homem, 71 anos)
Encantado (mulher, 86 anos)
Santana do Livramento (homem, 68 anos)
São Gabriel (homem, 84 anos)
Sapiranga (homem, 55 anos)
Sapucaia do Sul (homem, 66 anos)
Uruguaiana (mulher, 61 anos)

Aglomerações e desrespeito

Em Novo Hamburgo, aglomerações e desrespeito as regras de distanciamento social estavam na mira da Central de Fiscalização contra a covid-19 neste final de semana. A Guarda Municipal, Brigada Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros atuaram juntas para dispersar aglomerações, autuar e notificar estabelecimentos.

Na noite de sábado (10) para domingo (11), seguiu intensa a atuação da Central de Fiscalização no enfrentamento à covid-19, com efetivo de sete agentes e quatro viaturas no atendimento das denúncias recebidas.

Durante a averiguação e fiscalização em dois bares e dez residências, 120 pessoas foram dispersadas e orientadas diante do quadro de restrições e dever de cumprimento das medidas sanitárias devido à pandemia do coronavírus. Um posto de gasolina também foi alvo da fiscalização onde havia cerca de 30 pessoas, que foram orientadas a deixar o local.

Na noite de sexta-feira (9) para sábado (10), dez agentes das forças de segurança, incluindo a Polícia Civil, atenderam as denúncias em cinco viaturas percorrendo seis bares e uma loja de conveniência, além de fiscalizar uma via pública. No total foram dispersadas 101 pessoas.

Para fazer denúncias do descumprimento das regras que visam à diminuir o contágio pelo coronavírus, a comunidade de Novo Hamburgo pode abrir um protocolo junto à Prefeitura, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, através do telefone (51) 3097.9400. Em outros horários pode ligar para a Guarda Municipal através do telefone (51) 3524-8737.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Nova tentativa para licitação de estacionamento na Orla do Guaíba deve ocorrer na sexta-feira
Universidade usa jogos de tabuleiro para ensinar química a detentos
Deixe seu comentário
Pode te interessar