Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
29°
Mostly Cloudy

Mundo Obama anuncia novas medidas para driblar sanções a Cuba

Em tom descontraído, Obama afirmou que Hillary será sua sucessora (Foto: Susan Walsh/AP)

Pouco mais de um ano após sua reaproximação diplomática de Cuba, os Estados Unidos anunciaram nessa terça-feira o relaxamento de restrições a exportações para o país. É mais um passo do governo de Barack Obama para energizar os laços econômicos bilaterais, suspensos por décadas de sanções norte-americanas a Havana.

As novas regras permitem que bancos dos EUA ofereçam financiamento direto para a exportação de qualquer produto para a ilha, com exceção dos agrícolas, que são barrados pelo embargo. Antes dessas medidas, os artigos norte-americanos exportados para Cuba tinham que ser pagos antecipadamente em dinheiro ou enviados por meio de um terceiro país, o que dificultava e encarecia essas transações.

Desde que anunciou a reaproximação, em dezembro de 2014, o presidente Obama tem usado seus poderes executivos para driblar as sanções econômicas a Cuba, que só podem ser suspensas pelo Congresso. Entre as medidas tomadas no último ano estão a reabertura das embaixadas, a retirada de Cuba da lista de países que patrocinam o terrorismo e o relaxamento de regras para viagens e negócios. (Marcelo Ninio/Folhapress)

Voltar Todas de Mundo

Compartilhe esta notícia:

Em cúpula no Equador, Dilma propõe a países latinos diálogo conjunto contra a crise
Combate à dengue terá apoio de 20 mil militares do Exército no Estado
Deixe seu comentário
Pode te interessar