Quarta-feira, 08 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Light Drizzle

Brasil Operação da Polícia Federal combate crimes cibernéticos em quatro Estados e no Distrito Federal

Compartilhe esta notícia:

Agentes foram às ruas para cumprir 103 mandados judiciais. (Foto: PF/Divulgação)

A PF (Polícia Federal) deflagrou nesta terça-feira (21) a segunda fase da Operação Darkode a fim de desarticular uma organização criminosa especializada em fraudes contra o sistema bancário, por meio eletrônico, e de investigar a negociação de informações úteis à prática de crimes cibernéticos.

A operação, realizada em Goiás, Pará, Tocantins, Santa Catarina e Distrito Federal, combate fraudes no sistema Comprasnet e em licitações presenciais. A estimativa é que as ações da quadrilha tenham causado prejuízo superior a R$ 2,5 milhões, sobretudo mediante fraudes contra o sistema bancário.

Cerca de cem policiais federais cumpriram 37 mandados judiciais, sendo quatro de prisão preventiva, 15 de prisão temporária e 18 de busca e apreensão, em residências e em empresas vinculadas à organização. O objetivo é colher provas contra outros integrantes e beneficiários, além de identificar e apreender bens adquiridos ilicitamente. O líder do grupo criminoso cumpre pena no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia em decorrência da prática de crime cibernético, de acordo com informações da PF.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Mais de 6 mil imigrantes foram resgatados nos últimos dias no mar Mediterrâneo
Justiça manda o Grêmio pagar R$ 8 milhões a Kleber após atraso em parcela
Deixe seu comentário
Pode te interessar