Segunda-feira, 17 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Fair

Bem-Estar Organização Mundial da Saúde afirma que ainda é “cedo demais” para prever o fim da epidemia de coronavírus

Especialistas reunidos na sede da OMS, na Suíça, discutem a epidemia de coronavírus

Foto: Agência Xinhua
Especialistas reunidos na sede da OMS, na Suíça, discutem a epidemia de coronavírus. (Foto: Agência Xinhua)

Ainda é “cedo demais” para prever o fim da nova epidemia de coronavírus, que já matou quase 1,4 mil pessoas na China e infectou 60 mil, informou a OMS (Organização Mundial da Saúde).

“Acho que hoje é cedo demais para tentar prever o fim dessa epidemia”, disse Michael Ryan, chefe do Departamento de Emergência da OMS em Genebra, na Suíça.

“Essa epidemia pode ir em qualquer direção”, alertou o diretor da OMS Tedros Adhanom Ghebreyesus. A organização realizou uma conferência, na terça (11) e na quarta-feira (12), que reuniu centenas de especialistas em epidemiologia de todo o mundo, inclusive do Brasil, para revisar os meios de combater a doença, agora chamada de covid-19.

Entre as prioridades discutidas, estão acelerar pesquisas para o desenvolvimento de remédios e vacinas capazes de conter o coronavírus e garantir o acesso a dados e novas tecnologias aos países mais necessitados.

Voltar Todas de Bem-Estar

Compartilhe esta notícia:

Epicentro do coronavírus, província chinesa de Hubei registra 15 mil novos casos e mais de 250 mortes em um só dia
Sede dos Jogos Olímpicos deste ano, Japão registra a primeira morte provocada pelo novo coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar