Sábado, 19 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Fair

Porto Alegre Pacto Alegre define novos projetos e avalia ações em andamento

Compartilhe esta notícia:

Mais de 80 entidades integrantes do movimento reuniram-se nesta quinta-feira

Foto: Ricardo Giusti/PMPA

As mais de 80 entidades que integram a mesa do Pacto Alegre conheceram, nesta quinta-feira (05), os novos projetos que podem se somar aos 24 que já vêm sendo trabalhados pelos mais diversos setores.

São sete novas propostas, como Moda Alegre, lançado nesta semana pela prefeitura e que pretende articular a cadeia da moda na cidade, gerando empregos e agregando valor à produção local; Destino POA, para atrair talentos e investimentos; e o Marco Zero Poa, com o objetivo de transformar a Usina do Gasômetro em ponto inicial para quem visita a Capital, a partir da implantação de um centro inspirado no Barcelona Ativa, combinando elementos de showroom com atividades de inovação e cultura.

A mesa discutiu ainda quais projetos devem continuar sendo desenvolvidos nos próximos seis meses e conheceram o status de cada trabalho que vem sendo realizado. As novas propostas foram à votação e ainda nesta semana serão anunciadas as aprovadas. Integrantes da mesa conheceram também em primeira mão as propostas de marcas para Porto Alegre. Elas serão votadas pela população em janeiro.

O prefeito Nelson Marchezan Junior agradeceu a todos que estão fazendo do Pacto Alegre uma solução verdadeira para a cidade. “Agradeço às entidades e também às pessoas que nem fazem parte da mesa, mas se uniram para contribuir com os projetos e dar sugestões para o Pacto se estruturar ainda mais, ser algo definitivo para Porto Alegre e dar frutos significativos”, disse.

Marchezan aproveitou a oportunidade para pedir a algumas entidades que se engajem em projetos específicos – como a dupla Gre-Nal, para assumir o projeto Mexe com POA, e a Fiergs, para destacar alguma indústria de tintas que possa assumir o projeto Pintando POA.

O consultor internacional do Pacto, o espanhol Josep Piquè, lembra que o envolvimento proporcionado pelo projeto é o diferencial para transformar a cidade. “Ou ganhamos todos, ou não ganhamos nenhum de nós. Este é o sentido deste modelo de projeto. O Pacto está sempre com a porta aberta para somar qualquer atividade e continuar inovando sempre”, frisou.

O vice-reitor da Unisinos, Padre Pedro Gilberto Gomes, lembrou do papel das universidades. “Estamos pensando no futuro, e não somente no amanhã. A missão da universidade é o compromisso com o desenvolvimento regional da sociedade”, disse.

O reitor da Ufrgs, Ruy Oppermann, ressalta que a transformação cria oportunidades e cria as condições de surgimento de uma nova cidade, para que as novas gerações tenham a perspectiva de que vale a pena viver nela. Já o superintendente de Inovação da UC, Jorge Audy, agradeceu aos apoiadores do projeto. “Não conseguiríamos desenvolvê-los sem a ajuda dos nossos parceiros”, afirmou.

Durante a toda a manhã, o coordenador do Pacto Alegre, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, apresentou os 24 projetos em andamento e em qual status são considerados. Alguns estão em pleno funcionamento, como o Start Gov e a Formação de Agentes de Inovação. Outros estão em nível de atenção e alguns estavam parados, mas conseguiram engajamento a partir dos encontros desta semana. A situação de cada projeto pode ser conferida aqui.

Projetos apresentados

Destino POA – Atração de talentos e investimento: Articular esforços públicos e privados para dar suporte à atração de empresas e talentos ao ecossistema de POA.

Usina da Inovação – Marco Zero POA: Transformar a Usina do Gasômetro no marco zero para os visitantes de Porto Alegre, turistas ou de negócios, com implantação de um centro inspirado no Barcelona Ativa, combinando elementos de showroom com atividades de inovação e cultura.

Innovation (Open) Academy: Articular esforços para estruturar e ofertar ações de capacitação com foco em desenvolvimento de talentos digitais e aculturação digital.

Capta Poa – Plataforma Articulada de Financiamento: Mapear e divulgar articuladamente as oportunidades de financiamento para empreendimentos inovadores no ecossistema de POA. Harmonizar atuação dos atores de financiamento para maior eficiência na captação e aplicação de recursos para fomento à inovação.

Transformação Digital – NegóciosPOA 4.0: Articular ações para apoiar o desenvolvimento do setor de serviços ou de outros clusters de negócios atuantes em POA, buscando estimular um melhor entendimento e facilitar a aplicação de tecnologias digitais para aumentar a competitividade, eficiência e nível de serviços.

Living Lab 5G4I (5G for Innovation): Implementar a primeira zona iluminada com 5G na cidade e implantar um living lab de aplicações de IOT e Novos Negócios Digitais baseados em comunicação de alta velocidade.

Moda Alegre: Articular a cadeia da moda da cidade, gerando maior valor para todos os participantes, estimulando talentos e definindo uma denominação de origem para valorização dos produtos de Porto Alegre.

Próximos passos

– Programação de entregas de projetos em andamento
– Kickoff e Roadmap dos novos projetos (dezembro-janeiro)
– 1º. Aniversário do Pacto Alegre (e aniversário de Porto Alegre) – 26 de março de 2020
– 4ª Reunião da Mesa do Pacto Alegre – Avaliação do 2º. Ciclo de Projetos (junho/2020) – dia a definir

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

PSL confirma apoio à Reforma RS e permanência na base aliada
Receita Federal abre na segunda-feira consulta ao último lote do Imposto de Renda
Deixe seu comentário
Pode te interessar