Quinta-feira, 30 de maio de 2024

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Bruno Laux Panorama Político

Compartilhe esta notícia:

Atrito entre Arthur Lira (PP-AL), e o ministro das Relações Institucionais pode se tornar uma pedra no sapato do Planalto. (Foto: ABr)

Esta coluna reflete a opinião de quem a assina e não do Jornal O Sul. O Jornal O Sul adota os princípios editorias de pluralismo, apartidarismo, jornalismo crítico e independência.

Reflexos do conflito

O atrito entre o líder da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, pode se tornar uma pedra no sapato do Planalto. Em meio ao embate com o Executivo, o líder parlamentar pautou para esta quarta-feira dois projetos de lei contra o MST e sinalizou a deputados da oposição que pode avançar com a abertura de até cinco CPIs.

Valores cristãos

O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, afirmou nesta terça-feira que o veto do governo sobre o PL das saidinhas segue valores cristãos e constitucionais. O chefe ministerial destacou que a proibição de visitas dos apenados às famílias, suspensa pelo presidente Lula, contraria ambos espectros.

Sessão adiada

Atendendo à solicitação de lideranças do governo, o Congresso decidiu adiar a sessão prevista para esta quinta-feira que analisaria vetos presidenciais. Apesar de reconhecer desde já a derrota sobre a manutenção do veto de R$ 5,6 bilhões em emendas de comissão, o Planalto aguarda a aprovação da retomada do antigo DPVAT, de modo a abrir espaço no orçamento para a recomposição dos recursos aos parlamentares.

Solução para a greve

O ministro da Educação, Camilo Santana, afirmou nesta terça-feira ao Senado que o governo está buscando recursos adicionais para negociar com os profissionais de universidades e institutos federais que estão em greve. A paralisação dos servidores reivindica pontos como reestruturação de carreira, recomposição salarial e orçamentária, além da revogação de normas aprovadas em governos anteriores.

Carreira na Esplanada

O ex-ministro interino do Desenvolvimento Regional de Bolsonaro, Helder Melillo Cunha Silva, assumiu nesta terça-feira o cargo de secretário-executivo do Ministério das Cidades. O posto vinha sendo disputado entre o funcionário de carreira e o atual chefe da pasta, Jader Filho, que desejava um nome de seu partido para a função.

Regulamentação do streaming

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou nesta terça-feira um projeto de lei que regulamenta os serviços de streaming e os obriga a recolher a Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional. A proposta, que segue para análise da Câmara, define a Ancine como órgão responsável por fiscalizar a oferta de catálogo das plataformas.

Direito à amamentação

A Câmara dos Deputados deve analisar nos próximos dias um projeto de lei que assegura o direito de mães e bebês à amamentação nas maternidades e instituições do gênero. Aprovado de forma terminativa na Comissão de Direitos Humanos do Senado, o texto determina ainda que mulheres em situação de rua não tenham seus filhos retirados pelo Estado.

Apoio a Prates

O senador Paulo Paim (PT-RS) compartilhou nas redes sociais nesta terça-feira o registro de um encontro com o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates. O parlamentar destacou na publicação o seu apoio ao líder da estatal, afirmando que o também senador é “uma pessoa extremamente preparada para a função que exerce”.

Rodovia Transcampesina

A Bancada Gaúcha da Câmara se reuniu nesta terça-feira com o vice-presidente Geraldo Alckmin para dialogar sobre demandas do RS. Os parlamentares solicitaram atenção especial para o avanço da construção da Rodovia Transcampesina, que conectará os municípios de Herval a Aceguá, no Sul do Estado.

Bússola moral

O senador Hamilton Mourão (Republicanos) criticou nas redes sociais a decisão do corregedor nacional de Justiça, Luis Felipe Salomão, sobre o afastamento de magistrados relacionados à operação Lava-Jato. O parlamentar afirma que a decisão ocorre em prejuízo de profissionais de “reputação ilibada e trajetórias inatacáveis”, destacando que o contexto expõe que o judiciário brasileiro perdeu sua “bússola moral”.

Apoio técnico

A comitiva gaúcha que está em missão oficial na Europa se reuniu nesta terça-feira com representantes da agência especializada da ONU para a Alimentação e Agricultura. O grupo, liderado pelo governador Eduardo Leite, solicitou apoio técnico para a elaboração de um plano estratégico voltado à produção de alimentos no RS.

Energia fotovoltaica

O Departamento de Energia do governo gaúcho lançou nesta semana o Painel de Geração Distribuída de Energia Solar Fotovoltaica no RS. A plataforma deve reunir dados sobre a produção energética do tipo no Estado, de modo a informar a sociedade e o setor elétrico sobre os avanços do segmento.

Projetos no PAC

A secretária municipal de Habitação e Regularização Fundiária, Simone Somensi, dialogou nesta terça-feira, em Brasília, sobre os seis projetos de habitação de Porto Alegre inscritos no Novo PAC do governo federal. As propostas apresentadas pela Capital integram avanços na área de Regularização Fundiária, Urbanização e Contenção de Encostas.

Identificação de cabos

A Comissão de Urbanização da Câmara de Porto Alegre debateu nesta terça-feira o projeto de lei que trata sobre a identificação dos cabeamentos do município. Proposta pelo vereador José Freitas (Republicanos), a medida visa facilitar a fiscalização da prefeitura sobre as empresas responsáveis pelos fios, de modo a responsabilizá-las devidamente por eventuais problemas.

Economia criativa

O Comitê de Economia Criativa da prefeitura de Porto Alegre inicia nesta sexta-feira uma pesquisa para captar informações sobre os profissionais do segmento na cidade. O estudo, realizado em parceria com a PUCRS e a Feevale, visa mapear demandas e carências de qualificação e de capacitação para profissionais da área.

Esta coluna reflete a opinião de quem a assina e não do Jornal O Sul.
O Jornal O Sul adota os princípios editorias de pluralismo, apartidarismo, jornalismo crítico e independência.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Bruno Laux

Médicos Hyposkilliacos
Contrato com Odebrecht complica ministro da CGU
https://www.osul.com.br/panorama-politico-416/ Panorama Político 2024-04-17
Deixe seu comentário
Pode te interessar