Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Mostly Cloudy

Esporte Piloto francês morre após um grave acidente em uma corrida de Fórmula 2 na Bélgica

O piloto Anthoine Hubert. (Foto: Reprodução/Instagram)

O piloto francês Anthoine Hubert, de 22 anos, morreu neste sábado após um grave acidente que envolveu cinco carros na primeira corrida da Fórmula 2 no circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica. A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) confirmou em comunicado a morte do piloto. As informações são dos portais UOL e G1.

Hubert, da equipe Ardem, atual campeão da GP3, chegou a ser levado de helicóptero a um hospital próximo, mas não resistiu aos ferimentos. O carro de Hubert foi atingido pelo americano-equatoriano Juan Manuel Correa pouco depois de o francês perder o controle na subida da Eau Rouge, bater nas áreas de proteção e voltar para o meio da pista. Segundo a FIA, o estado de saúde de Correa é estável.

Leia o comunicado da Federação, na íntegra, abaixo.

“É com pesar que a Federação Internacional de Automobilismo informa que um acidente sério envolvendo os carros #12, #19 e #20 ocorreu às 17h07 (12h07 no horário de Brasília), do dia 31/08/19 como parte da corrida 1 da Fórmula 2 em Spa-Francorchamos, válida pela 17ª etapa da temporada.

Os serviços de resgate e equipes médicas compareceram rapidamente ao local do acidente, levando os pilotos envolvidos para o centro médico.

Como resultado do acidente, a FIA lamenta informar que o piloto do carro #19, Anthoine Hubert (FRA), não resistiu aos ferimentos e faleceu às 18h35 (13h35 no horário de Brasília).

O piloto do carro #12, Juan Manuel Correa (EUA) está em condição estável, sendo tratado no hospital de Liege. Mais informações sobre o estado do piloto serão dadas quando estiverem disponíveis.”

O incidente aconteceu na segunda volta da corrida. Hubert rodou e foi atingido com violência por Correa, provocando uma colisão em T (quando um carro acerta em cheio a lateral do outro). A batida foi tão forte que, além de Correa ter capotado, seus pés ficaram expostos após ter pedido o bico do carro. Ao mesmo tempo, o cockpit de Hubert ficou completamente separado da parte traseira do carro.

Alesi conseguiu seguir mesmo após ao acidente, parando um pouco à frente com danos na traseira do carro. O companheiro Boschung conseguiu retornar aos boxes com um pneu furado. Já Sato, abandonou o carro no local do acidente e retornou andado para o paddock.

A categoria informou momentos após à grave batida que a corrida não seria retomada. Mercedes e Ferrari, inclusive, cancelaram as atividades de mídia em função das circunstâncias. Lewis Hamilton chegou a interromper a entrevista que dava no momento do acidente.

Anthoine Hubert

Nascido em Lyon, Hubert começou a correr de kart em 2006, com 12 anos, e passou a se destacar. Em 2013, passou para a Eurocup Formula Renault 2.0, evoluindo até a Fórmula 3 e a GP3 Series em 2016 – nesta última categoria, foi campeão em 2018. O ápice havia sido o anúncio de sua entrada oficial como piloto da BWT Arden na Fórmula 2. Participou de 16 corridas, com duas vitórias. Ele fazia parte da equipe de jovens talentos da Renault.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Mais de cem empresas se uniram e assinaram em São Paulo um documento pelo fim da violência contra mulheres e meninas
Governo federal indica que os gastos dos ministérios continuarão restritos
Deixe seu comentário
Pode te interessar