Quinta-feira, 13 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Fair

Polícia Polícia investiga fraude contra a Fundação de Assistência Social e Cidadania de Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Estima-se que o golpe teria desviado mais de R$ 41 mil dos cofres da fundação

Foto: Polícia Civil/Divulgação
Estima-se que o golpe teria desviado mais de R$ 41 mil dos cofres da fundação. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta segunda-feira (27), a Operação Socialis com o objetivo de investigar uma fraude contra a Fasc (Fundação de Assistência Social e Cidadania) de Porto Alegre. Estima-se que o golpe, cometido por uma ONG (organização não-governamental), teria desviado mais de R$ 41 mil dos cofres da fundação.

Durante a ação policial, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão. Os agentes apreenderam diversos documentos. Segundo o delegado Max Otto Ritter, “a investigação iniciou no final de 2018, a partir do recebimento de documentação advinda da Fasc, a qual dava conta de que, como meio de justificativa de seus gastos, as pessoas físicas e jurídicas investigadas apresentavam notas fiscais falsas, desviando, assim, os valores prestados pelo ente público para fomento de atividades sociais, tais como creches comunitárias e associações de moradores”.

“A repressão desses delitos é de grande importância, pois, além de gerar prejuízo ao Erário, também mostra a possibilidade de desvio de valores que deveriam ser empregados em atividades sociais, deixando ainda mais vulneráveis as comunidades, até mesmo em relação aos cuidados quanto às suas crianças”, afirmou o delegado Ritter.

A ONG investigada não presta mais serviços para a Fasc, segundo a prefeitura de Porto Alegre.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Instituto de Previdência do Rio Grande do Sul abre inscrições para contratação emergencial
Prefeitura de Porto Alegre fiscaliza clínicas geriátricas e asilos para evitar a propagação do coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar