Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Porto Alegre Prédio do antigo cinema Avenida vai abrigar órgão público da prefeitura de Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Imóvel no bairro Cidade Baixa também já foi casa de jogos, comitê eleitoral e faculdade. (Foto: Alex Rocha/PMPA)

Atualmente instalada em um edifício no Centro de Porto Alegre, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) será transferida em outubro para o prédio que abrigou entre as décadas de 1920 e 1990 o cinema Avenida, na esquina da João Pessoa com Venâncio Aires (Cidade Baixa). O local também já funcionou como casa de jogos, comitê eleitoral e faculdade.

Com sede única, órgão reunirá a sua estrutura de diretorias, unidades, coordenadorias e outros departamentos, em um total superior a 100 funcionários. Também será instalada no imóvel uma unidade da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) para informações sobre o uso do transporte coletivo por idosos e pessoas com deficiência.

Atualmente, o órgão municipal aluga um prédio de seis andares, na Rua da Praia, onde funciona a Diretoria de Direitos Humanos e Outras Identitárias e algumas unidades administrativas.

Há também uma sala na Travessa Leonardo Truda (próximo ao Mercado Público), locada para os Fundos Municipais da Criança e do Adolescente e do Idoso, que passam a ter a gestão da SMDS e ainda é alugada a sede para a Unidade de Apoio ao Conselho Tutelar. O gabinete da secretaria hoje está em algumas salas cedidas pelo Departamento Municipal de Habitação (Demhab).

De acordo com a prefeitura, a busca por um local que identificasse e facilitasse o acesso ao atendimento social e de direitos humanos da cidade iniciou em março. Depois várias opções, o momento atual favoreceu uma negociação que encerrou com a assinatura do contrato no final de junho.

“Seremos uma casa de direitos sociais, ou uma loja de serviços de Direitos Humanos, aqui o cidadão encontrará todos os atendimentos que hoje estão espalhados em mais de um endereço e que muitos nem sabem que existem. Além da integração entre os servidores o que resulta em uma produtividade maior e de mais qualidade”, ressalta o titular da SMDS, Léo Voigt.

Além do novo endereço, a Secretaria está qualificando estruturas físicas do Conselho Tutelar. Já no final deste mês as Microrregiões 8 e 10 da instituição devem ter novo endereço e até o final de outubro as Micros 1 e 9 também estarão com os prédios reformados ou em novos locais.

Economia de recursos

“O primeiro reflexo da nova sede é demonstrado na economia que a centralização proporcionará”, ressalta a prefeitura ao detalhar essas mudanças de endereço. A pasta estipula uma redução de gastos de R$ 1,1 milhão por ano em locação de imóveis e veículos, atividades descentralizadas de informática e serviços gerais.

“Somente em aluguel, que hoje tem um custo de R$ 56 mil mensais e passará a R$ 36 mil, significa uma economia de R$ 168 mil por ano”, acrescenta a SMDS.

Com a nova sede, a Secretaria também economizará R$ 39 mil , por mês em serviços descentralizados de tecnologia da informação, mais R$ 83 mil com serviços gerais e outros R$ 16 mil com locação de carros para deslocamentos e transporte de materiais entre as unidades.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Começa neste sábado a programação da Semana Nacional de Trânsito em Porto Alegre
Brasil tem recorde de 30 milhões de pessoas recebendo até um salário mínimo
Deixe seu comentário
Pode te interessar