Terça-feira, 02 de Junho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Fair

Capa – Caderno 1 Prefeitura e Tribunal Regional do Trabalho em Porto Alegre discutem situação do Imesf

Compartilhe esta notícia:

O prefeito Nelson Marchezan Júnior e a presidente do TRT-4, Vania Cunha Mattos. (Foto: Joel Vargas/PMPA)

Com a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) pela inconstitucionalidade do Imesf (Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família), o prefeito Nelson Marchezan Júnior garantiu, nesta sexta-feira (11), que o processo de extinção terá total transparência. Marchezan recebeu a presidente do TRT-4 (Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região), Vania Cunha Mattos, a quem repassou informações detalhadas sobre a questão. “Temos a convicção de que teremos o melhor resultado para os trabalhadores e para o futuro da Saúde em Porto Alegre”, afirmou o prefeito.

Marchezan assegurou à magistrada que, graças ao trabalho da maioria que não aderiu à paralisação, os serviços de atenção primária do município não foram descontinuados. Lembrou ainda que os 1.840 funcionários atuantes na Saúde da Família, que estão com os salários em dia, devem seguir trabalhando normalmente depois do aviso prévio. Nesta sexta-feira, em assembleia, os grevistas decidiram retornar ao trabalho.

Após ouvir os esclarecimentos, a presidente do TRT-4 ressaltou a preocupação com os postos de saúde que, segundo ela, “são indispensáveis para a prestação dos serviços em áreas vulneráveis da Capital”. A presidente deve se reunir com os sindicatos de trabalhadores na próxima semana.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

O site da prefeitura de Porto Alegre conta agora com uma página que ajuda o usuário do SUS a procurar remédios na rede de saúde
65ª Feira do Livro de Porto Alegre será lançada na próxima semana
Deixe seu comentário
Pode te interessar