Segunda-feira, 08 de Março de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Mostly Cloudy

Brasil Prefeituras de São Paulo e do Rio de Janeiro ampliam a vacinação contra a Covid-19

Compartilhe esta notícia:

O aumento do público-alvo em São Paulo ocorreu após o recebimento de doses da vacina da AstraZeneca

Foto: Divulgação/GESP
No Brasil, são mais de 9,4 milhões de infectados enquanto o total dos que receberam a vacina é de 3,3 milhões de pessoas. (Foto: Divulgação/GESP)

A prefeitura de São Paulo começou a vacinar nesta quarta-feira (27) todos os funcionários que atuam em hospitais públicos e privados da cidade que são referência no tratamento contra a Covid-19, além dos funcionários de unidades básicas de saúde, idosos em centros de acolhida e pessoas com transtornos mentais que moram em residências terapêuticas.

O aumento do público-alvo da vacinação ocorreu após o recebimento de 165,3 mil doses da vacina da AstraZeneca, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford e importada da Índia pelo governo federal.

Antes, a campanha municipal de vacinação contra a Covid-19 previa a imunização apenas de profissionais de saúde da linha de frente e idosos que vivem em asilos.

Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio também começou, na manhã desta quarta-feira, uma nova fase de vacinação contra o coronavírus.

Até o dia 3 de fevereiro, profissionais de saúde com 60 anos ou mais que atuam na cidade nas redes pública e privada devem procurar uma das 236 clínicas da família e centros municipais de saúde para tomar a vacina.

Nesse período, também será finalizada a vacinação dos funcionários de urgência e emergência das unidades hospitalares envolvidos no atendimento à Covid-19 e dos que realizam exames da doença.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Até agora, a vacina contra o coronavírus foi aplicada em menos de 1% da população mundial
Após polêmica com leite condensado, Portal da Transparência do governo federal fica fora do ar
Deixe seu comentário
Pode te interessar