Sábado, 26 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Partly Cloudy

Mundo Presidente da Comissão Europeia pede a construção da UE da saúde contra a pandemia do coronavírus

Compartilhe esta notícia:

A política de saúde continua sendo responsabilidade dos Estados membros da União Europeia

Indígenas também tiveram mais chance, por causa da pobreza, de serem infectados. (Foto: Vinicius Magalhães/ Agência Brasil)

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, pediu nesta quarta-feira aos Estados membros a construção de uma “UE [União Europeia] da saúde” ante a pandemia de Covid-19.

Ela afirmou que a pandemia evidenciou a necessidade de uma cooperação mais estreita e de uma harmonização da maneira de administrar emergências semelhantes. Von der Leyen mencionou ainda a possibilidade de criar uma agência europeia de pesquisa e desenvolvimento médico.

“Na minha opinião está muito claro: precisamos construir uma União Europeia da saúde mais forte”, disse. “E devemos fortalecer nossa preparação para crises e a gestão das ameaças à saúde transfronteiriças”, completou.

Em seu primeiro discurso sobre o Estado da União Europeia, Von der Leyen disse que a Comissão tentaria reforçar a Agência Europeia de Medicamentos e o Centro Europeu para a Prevenção e o Controle de Doenças.

A alemã afirmou que trabalhará com o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, e a presidência italiana do G20 para convocar uma reunião de cúpula mundial de saúde para aprender e compartilhas as lições da crise do coronavírus. “Isto mostrará aos europeus que nossa União existe para proteger a todos”, disse.

A política de saúde continua sendo responsabilidade dos Estados membros da UE e, apesar das tentativas de Bruxelas de coordenar a resposta do bloco à epidemia, as normas fronteiriças variam amplamente.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Uso de máscara de proteção pode gerar imunidade contra o coronavírus, diz estudo
Organização Mundial da Saúde alerta para prejuízos no fechamento prolongado de escolas durante a pandemia do coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar