Quarta-feira, 03 de Junho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Fair

Capa – Caderno 1 Preso mais um suspeito de envolvimento em triplo homicídio no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

O suspeito de 21 anos foi localizado após uma rápida mobilização da Equipe de Volante do DHPP ao receber uma denúncia anônima de sua localização. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Um homem apontado como um dos executores do triplo homicídio na Cidade Baixa, em Porto Alegre, ocorrido no começo do ano foi preso pela Polícia Civil na noite de sábado (02), em ação da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento do DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa). O crime ocorreu na madrugada do dia 26 de janeiro.

Segundo o delegado Leandro Bodóia, o suspeito de 21 anos foi localizado após uma rápida mobilização da Equipe de Volante do DHPP ao receber uma denúncia anônima de sua localização. No momento da prisão, não houve resistência à ação policial. “Contra o homem envolvido no caso da Cidade Baixa pesam ainda outros dois mandados de prisão preventiva pelo envolvimento em outros homicídios”, destacou Bodóia.

O indivíduo era um dos alvos da operação deflagrada pela 2ª Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa, sendo que não havia sido localizado na época. Na ocasião, outros três suspeitos já haviam sido presos.

A diretora do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa, delegada Vanessa Pitrez de Aguiar Correa, destaca a agilidade de mobilização das equipes do DHPP no atendimento de locais de crime e na verificação das denúncias da comunidade que aportam nas Delegacias de Homicídios.

“Todos os fatos graves da Capital são alvo de minuciosa investigação pelo DHPP com objetivo de dar uma rápida resposta e prender os autores, sendo muito importante a colaboração da sociedade por meio de denúncias de pessoas envolvidas em homicídios. Nós averiguamos tudo que chega”, salientou a delegada.

Canoas

A Polícia Civil prendeu, no sábado (02), um suspeito de duas tentativas de homicídio em Canoas. A ação, realizada pela Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Canoas, foi decorrente do cumprimento de mandado de prisão temporária.

Segundo o delegado Thiago Carrijo, o crime ocorreu no dia 12 de janeiro, no bairro Guajuviras. “Na ocasião, as vítimas, que eram cunhados do preso, foram atingidas por disparos de arma de fogo, após uma discussão e uma briga generalizada”, explicou o delegado.

O diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, delegado Mário Souza, salientou que as diligências permaneceram até a madrugada deste sábado, quando a prisão foi realizada.

Mulher presa

Em ação de combate ao tráfico de drogas, a Polícia Civil prendeu em flagrante uma mulher no bairro Barnabé em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A prisão, realizada pelo Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico, ocorreu no sábado. Com a presa, foram apreendidos aproximadamente 1 quilo de entorpecentes. Ela foi autuada pelo crime de tráfico de drogas e encaminhada ao sistema prisional.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

O governo de Nicolás Maduro, na Venezuela, anunciou que está disposto a abrir o diálogo com a oposição
O governo federal prevê cortar 130 milhões de reais com a reforma da estatal de comunicação
Deixe seu comentário
Pode te interessar