Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Mostly Cloudy

Você viu? Procura por brinquedos sexuais aumenta na pandemia

Compartilhe esta notícia:

Especialistas apontam que as pessoas que não mantinham um relacionamento estável optaram por comprar acessórios para se descobrir e ampliar a gama do próprio prazer

Foto: Dani Villar/Divulgação
Especialistas apontam que as pessoas que não mantinham um relacionamento estável optaram por comprar acessórios para se descobrir e ampliar a gama do próprio prazer. (Foto: Dani Villar/Divulgação)

Desde março, quando teve início a pandemia da Covid-19, o isolamento social aproximou muitos casais. Com isso, para “apimentar” a relação, muitos começaram a procurar mais brinquedos sexuais.

A Hot Pepper Sex Shop é uma das poucas empresas que vem se destacando pelo fato de apresentar um crescimento expressivo, com relação ao mesmo período do ano passado. Focada nas vendas através do e-commerce, WhatsApp e televendas, a empresa mostra que é possível apresentar soluções criativas e inovadoras em meio à momentos difíceis para a economia.

O crescimento superior a 200% nas vendas é resultado de uma atuação forte no e-commerce, mídias digitais e também de um reconhecimento no mercado de sex shop, já que no período de distanciamento social, as pessoas buscam, cada vez mais, alternativas para priorizar a saúde, bem-estar e o prazer, conceitos que norteiam a marca Hot Pepper.

De acordo com os sócios Rodrigo Albuquerque e Ana Luiza Migliavaca, as pessoas que não mantinham um relacionamento estável optaram por comprar acessórios para se descobrir e ampliar a gama do próprio prazer. “Mulheres e homens investiram em produtos mais modernos, com viés sustentável, recarregáveis e que dispensam o uso de pilhas, com toque aveludado”, contam.

Mas, além dos resultados positivos em venda, a Hot Pepper Sex Shop também conseguiu inovar e agora está em novo endereço. Ao lado da antiga matriz, na Avenida Cristóvão Colombo, a nova estrutura promete auxiliar as operações de venda, marketing, almoxarifado e diretoria. Isso, que de um ponto de vista administrativo, segundo Rodrigo e Ana Luiza, possibilitará um ganho incalculável para toda a empresa com a unificação dos serviços.

A ideia de criar uma nova sede  já existia há algum tempo, no entanto, nenhuma havia se encaixado às demandas de tamanho e localização. E foi durante um almoço, no ápice da pandemia em Porto Alegre, que os sócios viram uma loja sendo preparada para ser entregue e foram verificar. Depois daquele momento, não demorou muito para o novo espaço já ganhar as feições da marca. Este novo espaço encontra-se praticamente ao lado da antiga matriz.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Você viu?

Menina de 6 anos tem parte do nariz arrancado por tiro de fuzil na fronteira do Paraguai com Brasil
O governo federal libera 409 milhões de reais para projetos de tecnologias da internet
Deixe seu comentário
Pode te interessar