Quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Mundo Província chinesa de Guangdong endurece medidas contra o coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Ruas são isoladas e viajantes devem apresentar exames negativos

Foto: Reprodução
Ruas são isoladas e viajantes devem apresentar exames negativos. (Foto: Reprodução)

Cidades de Guangdong, a província mais populosa da China, isolaram ruas e determinaram que viajantes apresentem resultados de exames negativos de Covid-19, no momento em que autoridades de saúde lutam para controlar surtos da doença.

Todos os dez casos confirmados na China continental desde 1º de junho surgiram no sul de Guangdong, disse a Comissão Nacional de Saúde nesta quarta-feira (02), sete na capital provincial de Guangzhou e três na cidade próxima de Foshan.

Polo chinês de manufatura e exportação e sua maior província em produção econômica, Guangzhou intensificou a prevenção e os esforços de controle do novo coronavírus desde que a onda de casos mais recentes começou no fim de maio.

Guangzhou relatou 41 casos confirmados localmente entre 21 de maio e 1º de junho, e Foshan, seis casos. As duas cidades estabeleceram quarentenas domiciliares a moradores de certos bairros, e pedem às pessoas que viajam por via aérea ou férrea, ou que fazem viagens rodoviárias de longa distância, que apresentem exames negativos de Covid-19 em um prazo de três dias.

Os casos levam moradores das cidades sem agendamentos de vacinação a buscar centros de imunização. As multidões estão “intensas” em alguns locais, disse Zhang Zhoubin, autoridade regional de controle de doenças. Guangzhou suspendeu os agendamentos individuais e dá prioridade à vacinação de grupos essenciais para garantir números adequados de profissionais médicos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Tarifas da Corsan terão aumentos de até 12,19% a partir de julho
Rio Grande do Sul registra superávit orçamentário de R$ 2 bilhões nos quatro primeiros meses de 2021
Deixe seu comentário
Pode te interessar