Domingo, 03 de julho de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Polícia Quadrilha que fraudava licitações de prefeituras do Litoral Norte gaúcho é alvo de operação

Compartilhe esta notícia:

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em Torres e Canoas

Foto: Polícia Civil/Divulgação
Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em Torres e Canoas. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta terça-feira (24), a Operação Underground para desarticular uma quadrilha que fraudava licitações de hidrojateamento e água servida no Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Após nove meses de investigação, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em Torres e Canoas. Os policiais estiveram na sede da prefeitura de Torres, em empresas e nas residências dos investigados. Documentos foram apreendidos. Não houve prisões.

Conforme as apurações, os empresários do ramo de saneamento buscavam burlar certames licitatórios, por vezes esvaziando a concorrência ou criando uma falsa competição entre empresas, a fim de  direcionar as licitações para um dos envolvidos.

“A partir das informações advindas de denúncias, verificou-se que um dos empresários ofereceu a uma representante de uma empresa concorrente a possibilidade de negociarem uma licitação para que não precisassem ir até o final da sessão concorrendo. Em uma licitação seguinte, verificou-se o surgimento de nova empresa concorrente, criada um mês antes, para prestar o mesmo tipo de serviço, sem que tivesse a qualificação necessária para participar da licitação. Constatou-se ainda que um dos empresários já teria se utilizado do mesmo modus operandi há anos atrás, em outros Estados da Federação”, informou a Polícia Civil.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Rio Grande do Sul precisa qualificar 758 mil trabalhadores em ocupações industriais até 2025
Licença que permite a ampliação do aeroporto de Santa Rosa é emitida pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental
Deixe seu comentário
Pode te interessar