Segunda-feira, 19 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Rio Grande do Sul Quase 1 milhão e meio de gaúchos já receberam a primeira dose de vacina contra o coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Ministério da Saúde deve enviar novo lote com mais de 300 mil unidades nesta quinta-feira. (Foto: Marcello Campos/O Sul)

Dados da Secretaria Estadual da Saúde (SES) atualizados no início da noite desta quarta-feira (7) apontam que pelo menos 1.453.105 gaúchos já receberam a primeira dose de vacina contra o coronavírus. Esse contingente representa 28,6% da população geral do Rio Grande do Sul, que é de 11.329.605 habitantes.

A segunda injeção, por sua vez, já foi aplicada em 328.735 cidadãos residentes no Estado, número correspondente a 6,5% do total. Cabe reiterar a aplicação em duas etapas, com intervalos específicos e variáveis conforme o imunizante, é necessária para completar o chamado “ciclo vacinal”, necessário para garantir a imunização.

É o caso dos dois imunizantes em uso no País: a Coronavac (produzida pelo laboratório chinês Sinopharm em parceria com o Instituto Butantan-SP) e a vacina de Oxford, elaborada pela farmacêutica britânica Astrazeneca em colaboração com a Fundação Oswaldo Cruz-RJ).

Assim como nos demais Estados, a asiática tem sido a mais utilizada no Estado, com 82% das doses em primeira aplicação. Em segunda aplicação, o predomínio é ainda maior: 99,8%. Isso se deve a fatores como a primazia do Butantan na coprodução brasileira do imunizante e no fato de a Coronavac ter um intervalo menor entre as duas injeções (mínimo de 21 dias, ao passo que a de Oxford prevê uma espera duas vezes maior).

De um total de 2.861.600 doses recebidas pelo Estado desde a segunda quinzena de janeiro, 2.844.999 foram distribuídas aos 497 municípios gaúchos por meio das Coordenadorias Regionais de Saúde (CREs) da SES. As injeções em primeira ou segunda fase, por sua vez, somam 1.781.840 (63%).

As remessas do Ministério da Saúde devem avançar nesta quinta-feira (8), com a chegada de um novo lote com mais de 300 mil unidades de ambos os imunizantes. A informação foi antecipada informalmente pela titular da Secretaria Estadual da Saúde, Arita Bergmann, em declaração à colunista Kelly Mattos, do jornal “Zero Hora”.

Lotes recebidos até agora pelo RS

– 1ª remessa (18 de janeiro): 341,8 mil doses de CoronaVac;

– 2ª remessa (24 de janeiro): 116 mil doses de Oxford;

– 3ª remessa (25 de janeiro): 53,4 mil doses de CoronaVac;

– 4ª remessa (07 de fevereiro: 193,2 mil doses de CoronaVac;

– 5ª remessa (24 de fevereiro): 135 mil doses de Oxford;

– 6ª remessa (24 de fevereiro): 84,2 mil doses de CoronaVac;

– 7ª remessa (3 de março): 174 mil doses de CoronaVac;

– 8ª remessa (9 de março): 187,8 mil doses de CoronaVac;

– 9ª remessa (17 de março): 318,2 mil doses de CoronaVac;

– 10ª remessa: (20 de março): 285,8 mil doses de CoronaVac e 36,2 mil de Oxford;

– 11ª remessa (2 de abril): 600,4 mil doses de CoronaVac e 44,7 mil de Oxford.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Pesquisa aponta eficácia da vacinação em profissionais de saúde no Ceará
Ministro do Supremo Dias Toffoli suspende regra que permite ampliar prazo de patentes na área da saúde
Deixe seu comentário
Pode te interessar