Terça-feira, 26 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Mundo Rainha Elizabeth compara isolamento por coronavírus à separação de famílias na Segunda Guerra Mundial

Compartilhe esta notícia:

A soberana britânica tem 93 anos.

Foto: Reprodução
Será o segundo discurso da monarca, de 94 anos, desde o início da pandemia de coronavírus. (Foto: Reprodução)

No quinto pronunciamento especial em seus 68 anos de reinado, a rainha da Inglaterra, Elizabeth II, 93 anos, comparou, neste domingo (05), o isolamento provocado pelo coronavírus com a separação de famílias durante a Segunda Guerra Mundial e disse que os britânicos devem confiar na vitória.

Na mensagem transmitida pela TV, Elizabeth II afirmou que a situação a fez lembrar de 1940, quando Londres era bombardeada pelos alemães e crianças foram mandadas para outros países da Commonwealth (Comunidade das Nações) como medida de segurança.

Ela afirmou aos britânicos que as medidas de isolamento são difíceis, mas que é possível aproveitá-lo para estar mais consigo mesmo e refletir. “Ainda há muito o que suportar, mas melhores dias voltarão: estaremos de novo com nossos amigos, com nossas famílias. Vamos nos reunir outra vez”, declarou.

Autoridades do Reino Unido esperam que o comunicado ajude a convencer a população a respeitar o isolamento social. Embora o país tenha enfrentado desafios no passado, esse é diferente, de acordo com a soberana.

“Agora nos juntamos a todas as nações do mundo com uma mesma missão, usando os grandes avanços da ciência e nossa compaixão instintiva para criar. Triunfaremos, e essa vitória vai pertencer a cada um de nós”, disse ela.

Em 25 de março, o príncipe Charles, primeiro na linha de sucessão ao trono britânico, recebeu o diagnóstico positivo de coronavírus. Dois dias depois, o primeiro-ministro Boris Johnson também testou positivo para a Covid-19.

O Reino Unido registra quase 50 mil casos de coronavírus, com cerca de 5 mil mortes.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Após convocação de Bolsonaro, evangélicos fazem jejum e oram pelo presidente no Palácio da Alvorada
Brasil tem 11.130 casos confirmados de Covid-19 e 486 mortes provocadas pela doença
Deixe seu comentário
Pode te interessar