Quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Acontece Relançamento da hidrovia Uruguai-Brasil é tema de debate na UFRGS

Compartilhe esta notícia:

A programação tem continuidade à tarde, a partir das 15h30. (Foto: Divulgação)

A “Jornada de comemoração dos 60 anos do relançamento da navegação na hidrovia Lagoa Mirim-Lagoa dos Patos” teve início na manhã desta quarta-feira (8), no Salão de Atos da UFRGS. O objetivo do evento é promover o diálogo entre autoridades do Brasil e do Uruguai sobre a hidrovia de ligação entre os dois países.

O reitor da UFRGS, Carlos André Bulhões Mendes, iniciou o debate destacando a importância hídrica da região que engloba o Rio Grande do Sul e o Uruguai e fez referência à contribuição da Universidade na pesquisa de recursos hídricos a partir da criação do Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH), em 1953.

Na sequência, o reitor salientou a importância da hidrovia Brasil-Uruguai para o Mercosul: “Contribuirá para a segurança do processo de integração, não somente na logística, mas também no desenvolvimento das regiões mais empobrecidas das nossas fronteiras (com o Uruguai). No dia de hoje, sou o brasileiro mais satisfeito, mas, ao mesmo tempo, insatisfeito. Satisfeito porque estamos dando continuidade a esse momento histórico, mas insatisfeito porque a gente ainda tem muita coisa para fazer diante do desafio que é dar materialidade à hidrovia”.

Também compôs a mesa de abertura o Secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Luiz Henrique Viana, representando o governador do RS, que disse o seguinte: “A efetivação da Hidrovia Brasil-Uruguai é um eixo importantíssimo para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul, do Brasil e do Uruguai”, destacou.

Já o superintendente de Portos do Rio Grande do Sul, Paulo Fernando Curi Estima, fez uma rápida apresentação sobre a relação comercial entre o estado gaúcho e o Uruguai. O historiador Carlos Prigioni abordou a história da navegação na Lagoa Mirim, declarando que “estamos ressuscitando um sistema que já existiu e que foi realmente muito importante”. Por fim, o embaixador do Uruguai no Brasil, Guillermo Valles, fez uma resenha sobre a visita de Estado do então presidente Eduardo Victor Haedo, entre 6 e 8 de dezembro de 1961.

A programação tem continuidade à tarde, a partir das 15h30, com participação de autoridades brasileiras e uruguaias em discussões e debates sobre o avanço técnico para navegação na hidrovia Lagoa Mirim-Lagoa dos Patos, a administração hidroviária e de portos, investimentos e o futuro da hidrovia. O evento pode ser acompanhado pelo canal do YouTube da UFRGS TV.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

CRMV-RS realiza cerimônia de posse da nova diretoria para o triênio 2021-2024
Extensão da malha ferroviária norte-sul é discutida na FIERGS
Deixe seu comentário
Pode te interessar