Sexta-feira, 29 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Fair

Capa – Caderno 1 Relatório final da CPI de Brumadinho pede indiciamento de nomes da cúpula da Vale

Compartilhe esta notícia:

Equipe do Corpo de Bombeiros durante trabalho para resgate de vítimas em Brumadinho (Foto: Portal O Globo)

Após seis meses de investigação, foi realizada nesta quinta-feira (12) a leitura e votação do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da barragem de Brumadinho, criada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O documento, que pede o indiciamento da diretoria da Vale por homicídio doloso eventual – quando a pessoa assume o risco de que mortes ocorram -, foi aprovado e será publicado no diário do Legislativo na próxima semana. Com isso, o texto será enviado a órgãos públicos e autoridades responsáveis.

Durante a leitura do documento, o relator da CPI, deputado André Quintão (PT), declarou que “houve ‘cegueira deliberada’ da Vale e de alguns funcionários e colaboradores da empresa em relação ao rompimento da barragem.” André ressaltou, após a divulgação da votação, que a empresa “priorizou o lucro, não a vida humana”. Por isso, ele acredita que a Vale deve financiar os atos que provocou. “Teremos grupo de trabalho para acompanhar cada recomendação do relatório final”, destacou.

O relatório aprovado, de mais de 300 páginas, possui mais de 110 recomendações a órgãos e entidades, expõe os crimes praticados na ocasião do rompimento da barragem e especifica os atos de reparações a serem feitos. Entre as recomendações, estão acompanhamento dos desdobramentos do trabalho e a busca de corpos ainda não encontrados.

O rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, Região Metropolitana de Belo Horizonte, matou 270 pessoas em janeiro deste ano.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Marcelo Odebrecht deixa prisão domiciliar
Caso de Atibaia: relator conclui voto e acelera julgamento de Lula


Deixe seu comentário
Pode te interessar