Terça-feira, 11 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fair

Rio Grande do Sul Sancionada lei que multará quem não usar máscaras ou promover aglomerações em Pelotas, no Sul do Estado

Compartilhe esta notícia:

A lei entrará em vigor na próxima segunda-feira (13)

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
A lei entrará em vigor na próxima segunda-feira (13). (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

A prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, sancionou o projeto de lei que multará quem não utilizar máscaras ou promover e participar de aglomerações na cidade no Sul do Estado. A lei começa a valer na próxima segunda-feira (13) e classifica em níveis as infrações para determinação do valor da multa.

As multas serão calculadas a partir do valor da URM (Unidade de Referência Municipal), hoje em R$ 117,69. Conforme a infração, ocorre acréscimo na quantidade de URMs, podendo chegar a R$ 1.176, em um caso grave de descumprimento da lei. As multas não pagas serão inscritas em dívida ativa. O autuado tem prazo de até 10 dias para recorrer, a partir da penalidade.

O município, com a nova lei, poderá exercer o papel de polícia administrativa, ou seja, de fazer cumprir a obrigatoriedade do uso da máscara ou de não permitir a participação em aglomerações. A fiscalização das determinações ficará a cargo da Guarda Municipal. Em caso de estabelecimentos comerciais, o município, após fiscalização, poderá determinar interdição por até 14 dias.

Pelotas está na bandeira vermelha no modelo de distanciamento controlado do governo do Estado. Segundo dados da prefeitura, o município contabilizava, até a manhã desta segunda-feira (06), 318 casos confirmados, e cinco mortes registradas.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Mercado financeiro melhora a projeção para o PIB brasileiro e vê queda de 6,5% neste ano
Bolsonaro veta uso obrigatório de máscaras em presídios
Deixe seu comentário
Pode te interessar