Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Light Rain

Cultura Secretaria da Cultura do RS divulga programação para Semana da Consciência Negra

Compartilhe esta notícia:

O poeta e ativista Oliveira Silveira é um dos idealizadores de transformar o 20 de novembro em Dia da Consciência Negra.

Foto: Tânia Meinerz/Divulgação
O poeta e ativista Oliveira Silveira é um dos idealizadores de transformar o 20 de novembro em Dia da Consciência Negra. (Foto: Tânia Meinerz/Divulgação)

A Sedac (Secretaria de Estado da Cultura) organizou com as suas instituições vinculadas uma programação especial para a Semana da Consciência Negra, que acontece entre 20 e 27 de novembro. O evento é realizado em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado em todo o País no dia 20 desse mês.

Para 2020, a Sedac e as suas instituições trouxeram uma gama variada de eventos. A programação conta com lives, exibição de filmes, novas exposições, além de conteúdos nas redes sociais das instituições.

Dia da Consciência Negra

Em 20 de novembro de 1695, morria Zumbi dos Palmares, símbolo da resistência negra no País. Em 1971, o 20 de novembro foi apropriado como uma forma de homenagear o líder do Quilombo Palmares, exaltar a importância do povo e da cultura negra na construção do Brasil.

Um dos idealizadores da data foi Oliveira Silveira (1941-2009), poeta gaúcho reconhecido por suas obras e por seu ativismo político. Silveira fundou o Grupo Palmares, um coletivo que tinha como propósito resgatar a identidade da população negra.

“A semana da Consciência Negra é um período de reflexão e de reconhecimento da importância do povo negro na formação histórica e cultural do nosso Estado. As atividades da nossa programação buscam mostrar exatamente isso. Mais do que lembrar a data, a Sedac vem trabalhando para a consolidação de ações afirmativas permanentes. Estamos cientes da importância de criar políticas públicas que possam reduzir as desigualdades raciais e sociais históricas”, avalia a secretária da Cultura, Beatriz Araujo.

Programação

Live: Políticas afirmativas no fomento à cultura

Avanço das políticas afirmativas no fomento à cultura no RS, resultados já obtidos e perspectivas de novas ações.

Participantes: diretor de Fomento da Sedac, Rafael Balle, realizadora do projeto “A última negra” (contemplado no edital FAC Movimento), Hayline Vitória, mediação da jornalista da Sedac Clarissa Lima.

Local: perfil da Sedac no Facebook, sexta-feira (20), às 17h.

1º Festival Cinema Negro em Ação

Festival que prestigia produções audiovisuais feitas por artistas negros e negras. Além da exibição dos filmes concorrentes, também promove o painel Encontros.

Local: TVE-RS (canal 7.1 no sinal aberto, canal 7 da Net ou on-line e no perfil da Casa de Cultura no Facebook

Cinemas africanos – indicações de filmes

Disponibilização de lista de filmes produzidos pelas distintas escolas dos cinemas do continente africano.

Local: perfis do Museu da Comunicação Hipólito José da Costa no Facebook e no Instagram, sexta-feira (20), às 17h.

CineClube MuseCom em debate: os cinemas africanos

Transmissão pelo canal do MuseCom no Youtube, com presença da jornalista e pesquisadora Ana Camila Esteves, idealizadora e curadora da Mostra de Cinemas Africanos e o projeto Cine África.

Local: perfil do Musecom no Youtube, dia 28, às 19h.

Relembrando ações educativas com perspectivas antirracistas

Retomar e relembrar algumas ações educativas realizadas pelo Margs (Museu de Arte do Rio Grande do Sul) e que tiveram a intenção de promover debates com perspectivas antirracistas dentro das programações idealizadas anualmente.

20/11: Arte, política e educação. Evento em parceria com a Uergs (Universidade Estadual do Rio Grande do Sul). (2018)
21/11: Mulheres artistas: questões atuais. (2019 e 2020)
22/11: Ações no programa público da exposição “Acervo em movimento”. (2019)
23/11: Intervenção artística e educativa “Não queremos ser as únicas”. (2019)
24/11: Ações no programa público da exposição “Otacílio Camilo – Estética da rebeldia” (2019)
25/11: Ação no projeto “Investigações do agora”. (2019)
26/11: Compartilhamento de referências a partir de textos, livros e pesquisas acadêmicas que orientam e instrumentalizam o trabalho da equipe.

Local: perfil do Margs no Instagram e no Facebook.

Exposição: Resistência

Mesclando conteúdos em formato presencial e virtual, faz uma leitura profunda sobre a importância da população negra para a formação sociocultural do Estado.

Presencial: de 21 a 30 de novembro: textos, imagens e objetos que retratam a figura do negro na história do RS.

Local: Museu Histórico Farroupilha de Piratini (Rua Coronel Manoel Pedroso, 77, Piratini). Visitas agendadas pelo telefone (53) 3257-1481, ou pelo e-mail museufarroupilha@gmail.com.

Funcionamento: de terça a sexta, das 9h às 11h30 e das 13h30 às 17h.

Virtual: de 21 a 27 de novembro, 19h: vídeos sobre a importância do povo negro na construção do Estado.

Local: perfil do museu no Instagram e no Facebook.

Exposição: Memórias e histórias negras do RS

A exposição do MARS (Museu Antropológico do Rio Grande do Sul) explora e debate a riqueza e a pluralidade das experiências sociais negras, em suas trajetórias que conformam nossa sociedade brasileira. A exposição segue até fevereiro de 2021.

Local: Memorial do RS (Rua Sete de Setembro, 1.020, térreo, Praça da Alfândega, Porto Alegre).

Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 17h, a partir de 24 de novembro.

Siga a página do Mars no Facebook.

Momento IEL – Oliveira Silveira

Vídeos em homenagem ao poeta e ativista Oliveira Silveira, com reproduções de leituras de poemas publicados pelo autor.

Local: perfil do IEL (Instituto Estadual do Livro) no Facebook e no Youtube, de 20 a 27 de novembro, às 14h.

Live: Descolonizando o espaço museológico: narrativas negras frente ao acervo histórico

O debate pretende problematizar a forma como o museu trata o acervo vinculado ao período de escravização.

Participantes: mestra em Educação, graduanda em Museologia e estagiária do MJC (Museu Júlio de Castilhos), Maria José Alves, e a historiadora, pós-graduanda em Educação Especial Inclusiva e ex-estagiária do MJC, Cinara Vargas.

Local: perfil do MJC no Facebook, dia 26, às 19h.

Siga também a página do MJC no Instagram.

Exposição: Presença negra no RS: história, literatura, saberes e fazeres

Obras existentes no acervo da BPE (Biblioteca Pública do Estado) (livros, recortes, fotografias), que mostram a participação dos negros na história do Estado.

Local: BPE (Rua Riachuelo, 1.190, Porto Alegre), de 20 a 30 de novembro.

Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

Exposição virtual

Imagens e informações sobre a presença negra no Rio Grande do Sul.

Local: perfil da BPE no Instagram e no Facebook.

Pérolas negras da discoteca

Mostra de artistas negros presentes no acervo da Discoteca Pública Natho Henn.

Local: perfil da discoteca no Instagram e no Facebook, de 20 a 27/11.

Live: Projeto RS Diverso

Este evento ocorrerá em dezembro, fora da programação da Semana da Consciência Negra, com data a definir.

O programa tem como objetivo dar visibilidade e oportunidades aos empreendedores criativos pretos e pardos; indígenas; quilombolas; ciganos; mulheres trans/travestis; homens trans; e PCDs (pessoas com deficiência), nos mais variados setores da economia criativa.

Participação: coordenadora do RS Criativo, Carolina Biberg, fundador do GPNIC-RS (Grupo de Profissionais Negros na Indústria Criativa do RS), Felipe Rocha, e mediação da jornalista da Sedac Clarissa Lima.

Local: Perfil do RS Criativo no Instagram.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Cultura

Vice-presidente da República diz que “não existe racismo no Brasil”
Justiça autoriza continuidade de entrega dos kits bebês pela prefeitura de Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar