Segunda-feira, 30 de Novembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Política Seis candidatos a prefeito de capitais brasileiras desistiram de disputar estas eleições

Compartilhe esta notícia:

Dois dos que desistiram justificaram não ter condições de saúde após terem contraído a Covid-19

Foto: José Cruz/Agência Brasil
Dois dos que desistiram justificaram não ter condições de saúde após terem contraído a Covid-19. (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Desde o início da campanha eleitoral, em 27 de setembro, seis candidatos a prefeito desistiram de disputar as eleições municipais nas capitais brasileiras. Outros 11 têm a candidatura questionada na Justiça Eleitoral por não atender a algum requisito legal — para nove deles, ainda cabe recurso.

Dois dos que desistiram justificaram não ter condições de saúde após terem contraído a Covid-19. Veja a lista de desistentes:

São Luís (MA) – José Adriano Cordeiro Sarney (PV), que argumentou que teria pouco tempo de TV e não seria possível participar dos debates, e Carlos Madeira (Solidariedade), por questões de saúde: ele teve Covid-19 e disse que não se recuperou totalmente.

João Pessoa (PB) – Pablo Honorato Nascimento (PSOL), por motivo não informado.

Rio de Janeiro (RJ) – Cristiane Brasil (PTB), presa em setembro e libertada em outubro, e Hugo Leal (PSD), que desistiu ainda durante as convenções para apoiar Luiz Lima, do PSL.

Natal (RN) – Fernando Pinto de Araújo Neto (Novo), por não ter condições de saúde após contrair a Covid-19.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Mais de 14,8 milhões de EPIs foram entregues ao Rio Grande do Sul pelo Ministério da Saúde
Governo da Alemanha anuncia lockdown parcial
Deixe seu comentário
Pode te interessar