Quinta-feira, 02 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Mostly Cloudy

Notícias Sepultado em Camaquã o corpo da gaúcha morta ao cair de um prédio no México, em um caso investigado como feminicídio

Compartilhe esta notícia:

Vanessa teria sido assassinada pelo namorado, um empresário mexicano. (Foto: Reprodução)

Nessa segunda-feira, chegou ao Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, o corpo da gaúcha Vanessa Vargas Ribeiro, 33 anos, morta ao cair do quarto andar de um prédio no México. O incidente, investigado pela polícia do país como feminicídio, ocorreu no começo do mês e tem como suspeito o namorado da vítima, agora foragido. O sepultamento foi realizado às 17h em Camaquã (Região Sul).

“O mundo acabou para mim. Ela me sustentava, me dava tudo”, contou a mãe de Vanessa, Maria Luiza, que recebeu o corpo. “Eu queria estar morando debaixo de uma ponte, mas que ela estivesse viva. “Eu quero justiça. Que não fique impune esse monstro]. Tiraram o amor da minha vida, minha bonequinha.”

Relação

O translado contou com a intermediação da amiga Netucia de Souza Pires, que reconheceu o corpo no México e também desembarcou na capital gaúcha nessa segunda-feira. “Foi mais ou menos às 7h [do dia 1º de fevereiro] que ele jogou a Vanessa do edifício”, acusa. “Ela caiu uns seis metros.”

“Esse empresário [namorado da vítima] montou um apartamento para ela, dava dinheiro semanalmente e se encontravam toda semana”, acrescentou. “Deu uma vida confortável, mas isso acabou custando a vida dela.” Netucia relata que conferiu, junto com investigadores, imagens das câmeras de segurança do prédio onde ocorreu a queda. “O namorado da Vanessa foi visto saindo do local, de carro, logo depois da morte dela.”

“Não dá para ver bem em cima porque é muito alto”, prosseguiu. “Precisamos pressionar a investigação para que consigam as câmeras, que estão m todos os lugares. A câmera mostra quando ele sai no carro dele, olha pra ela no chão e sai, enqauanto ela agonizava no chão.”

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

A luta contra os fraudadores de cotas raciais nas universidades públicas
Secretaria da Saúde do RS confirma os oito primeiros casos de dengue contraídos dentro do próprio Estado neste ano
Deixe seu comentário
Pode te interessar