Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Fair

Acontece Simers lança campanha em defesa do Hospital Psiquiátrico São Pedro

Compartilhe esta notícia:

(Foto: Reprodução)

O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) lança nesta quinta-feira (13), a campanha “Queremos! Hospital São Pedro No Coração e na Mente”, que visa mobilizar a sociedade em geral e o Poder Público para a necessidade de melhorias ao hospital de Porto Alegre, que é referência no tratamento de doentes psiquiátricos no Estado, tendo como diferencial o atendimento infantil.

O Hospital Psiquiátrico São Pedro (HPSP), nos seus 146 anos de história acolheu milhares de pacientes e é referência para 88 municípios gaúchos. Além disso, oferece leitos especializados, focados em segmentos específicos – além das crianças, também adolescentes e dependentes químicos. A manutenção do hospital envolve não só os pacientes, mas seus familiares, médicos e estudantes de Medicina. A instituição necessita de melhorias urgentes e da contratação de mais profissionais para o atendimento.

O Psiquiatra e Diretor de Interior do Simers, Fernando Uberti, afirma que o HPSP é emblemático na assistência psiquiátrica no Rio Grande do Sul e na formação de profissionais no Estado e em nível nacional.

“O São Pedro tem cerca de 130 leitos e áreas especializadas para segmentos extremamente carentes de internação, como crianças e adolescentes. Além disso, conta com mais de 40 médicos residentes que, anualmente, se inserem no mercado de trabalho com um nível de qualificação extremo. O Hospital São Pedro é fundamental para a assistência em saúde mental, especialmente nesse momento de pandemia, quando houve aumento no número de transtornos psiquiátricos e uma maior demanda nessa área”, afirmou Uberti.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Banrisul registra lucro líquido de mais de R$ 377 milhões no primeiro semestre deste ano
Associação Brasileira de Proteína Animal analisa possíveis traços de vírus em embalagens de produto de origem brasileira
Deixe seu comentário
Pode te interessar