Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Partly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Colunistas Temer diz que “Brasil precisa de Paz”

Compartilhe esta notícia:

Ex-presidente Michel Temer e o colunista.

Foto: Reprodução
Ex-presidente Michel Temer e o colunista. (Foto: Reprodução)

O ex-presidente Michel Temer, que vem colaborando de forma decisiva para a pacificação nas relações das instituições, dirigiu uma manifestação em que insiste na paz:

“O Brasil precisa de Paz. Alias, paz é uma determinação da própria Constituição Federal. E nos últimos tempos, o que se vê, são instituições brigando com instituições, e o que o Brasil precisa é de paz e de harmonia. Não significa que não possa haver divergências doutrinárias, programáticas, administrativas e até ideológicas. Mas todas discutidas no plano das idéias e não no plano pessoal. O que nós precisamos é elevar o nível das discussões políticas no nosso País”.

CNBB protesta contra deputado que ofendeu Papa e Arcebispo

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, por meio de carta, repudiou os ataques feitos ao arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes e pelo papa Francisco em discurso do deputado estadual Frederico d’Ávila (PSL). Na última quinta-feira (14), chamou o Papa e o Arcebispo de “safados”, “vagabundos” e “pedófilos” em discurso na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Em recente manifesto, CNBB chama Bolsonaro de “genocida”

Em recente manifesto, o reitor da PUC Minas, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), professor dom Joaquim Giovanni Mol Guimarães assinou o manifesto “Vida Acima de Tudo”, que critica a atuação do presidente Jair Bolsonaro frente à pandemia de coronavírus. A carta aberta do órgão da CNBB diz que os brasileiros estão sendo “feitos reféns” do “genocida Jair Bolsonaro”.

Auditoria confirma desvio de R$ 9,3 milhões em Dom Pedro de Alcântara

Após tomar conhecimento do relatório apresentado pela empresa de auditoria independente, a Consultoria de Gestão Mauss, assinada pelo mestre em Contabilidade e Controladoria Cezar Volnei Mauss – apontando que nos anos de 2020 e 2021 foram identificadas  transferências irregulares das contas da prefeitura de Dom Pedro de Alcântara (município emancipado de Torres, no litoral Norte do Rio Grande do Sul) para contas bancárias do ex-tesoureiro Simão Justo do Santos, no total de R$ 9.284,681 milhões -, o vereador Deleon Silveira (PP) que acompanha os desdobramentos do caso, não crê que o funcionário tenha agido sozinho neste escândalo.

Para o vereador, “é legalmente impossível que apenas uma pessoa tenha autorizado e realizado transferências desse vulto, sem o conhecimento e a colaboração de uma ou mais autoridades dentro da prefeitura. Considerando que as contas públicas municipais exigem no mínimo senha e contra-senha, ou seja: no mínimo duas autoridades previamente cadastradas devem inserir senhas para confirmar e autorizar as operações. Então, além do tesoureiro, outra ou outras pessoas participaram da fraude, e isso certamente a investigação policial irá apurar com relativa facilidade”.

Deleon apelou ao Ministério Público estadual e ao Ministério Publico do Tribunal de Contas para que intervenham neste caso “e tomem posição nesta arbitrariedade da presidência da Câmara, de forma muito suspeita, escondendo informações e proibindo o acesso das contas a este vereador. Acredito que o acesso pelo Ministério Público às contas da Câmara de Vereadores poderá trazer novidades e ajudar nas investigações desse milionário escândalo de repercussão nacional, que não pode ficar impune”.

Linha direta

Presidente Jair Bolsonaro saudou as operações Versalius (Maranhão e Colusão (Cuiabá-MT) desencadeadas pela CGU (Controladoria Geral da União), PGR Procuradoria Geral da Republica) e PF (Policia Federal) para combater fraudes com verbas da saúde. Já são cerca de 100 ações desencadeadas para apurar fraudes e desvios de recursos da Saúde.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Fatos históricos do dia 18 de outubro
Precatórios respeitarão teto de gastos, avisa Lira
Deixe seu comentário
Pode te interessar