Segunda-feira, 30 de Novembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Mundo Terremoto no Mar Egeu: equipes buscam sobreviventes em escombros de prédios na Turquia

Compartilhe esta notícia:

Número de mortos chegou a 27, e há mais de 800 pessoas feridas em decorrência do tremor

Foto: Reprodução
Número de mortos chegou a 27, e há mais de 800 pessoas feridas em decorrência do tremor. (Foto: Reprodução)

Equipes de resgate da Turquia buscam, neste sábado (31), sobreviventes entre os escombros dos prédios que caíram após um terremoto na sexta-feira (30). O número de mortos chegou a 27.

As autoridades da cidade de Izmir disseram que 25 pessoas morreram em regiões costeiras da Turquia. Dois adolescentes morreram na ilha de Samos, na Grécia, depois que uma parede caiu em cima deles.

Além dessas pessoas que morreram, outras 804 ficaram feridas por causa do impacto do terremoto. As equipes de resgate conseguiram tirar uma mãe e três crianças dos escombros neste sábado. Os quatro passaram quase 18 horas presos. Ao menos 20 prédios na cidade de Izmir foram destruídos. Durante o trabalho de resgate, frequentemente havia choques

O epicentro foi no Mar Egeu. A magnitude do sismo, registrado a dez quilômetros de profundidade, foi avaliada pelo Instituto Geofísico Americano (USGS) em 7,0.
O terremoto provocou uma elevação do nível do mar, que inundou as ruas de Seferihisar, cidade turca situada no epicentro. A maré também varreu a costa de Samos.

Corrente humana

A região oeste da costa da Turquia tem grande densidade populacional. Foi a área mais afetada. Os canais de TV do país mostravam imagens de grandes nuvens de poeira, enquanto a população corria para as ruas, em pânico. Em uma imagem captada por um morador, um prédio caía com uma enorme facilidade, enquanto pedestres gritavam: “Meu Deus!”.

“Vivemos em Izmir, o clima é temperado, podemos passar a noite assim, amanhã também, mas é difícil projetar a longo prazo, há uma sensação de impotência”, disse à AFP o militar reformado Cemalettin Enginyurt, 51.

Vários hospitais da cidade, sobrecarregados devido à pandemia, transferiram pacientes para outros locais, a fim de poderem receber as vítimas do terremoto. O terremoto também foi sentido em Istambul, capital econômica do país, abalada há 20 anos por um forte tremor. Mas não foi constatado nenhum dano na cidade, segundo o governador da província.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Eleições 2020: candidatos agora só podem ser presos em flagrante
Testes do coronavírus devem ter papel maior nas viagens internacionais
Deixe seu comentário
Pode te interessar