Quarta-feira, 01 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Capa – Caderno 1 Tite nega dependência de Neymar, mas diz que jogador é “indispensável” para Seleção

Natalia Barulich foi uma das convidadas da festa do craque em Paris (Foto: Reprodução/Instagram)

Nesta quinta-feira (05), o técnico Tite concedeu uma entrevista coletiva nos Estados Unidos, onde a Seleção Brasileira enfrenta a Colômbia, nesta sexta-feira (06), às 21h30min (horário de Brasília). Conforme o esperado, um dos assuntos mais comentados foi o camisa 10 da equipe, Neymar.

Tite garantiu que não vê uma dependência da equipe em relação ao jogador, mas admitiu que a presença do atacante do PSG (Paris Saint-Germain) faz muita diferença.

“Sabe o aproveitamento com e sem Neymar? É praticamente a mesma coisa. A equipe se fortaleceu em relação a isso. Ao mesmo tempo, o Neymar é indispensável. 50% dos gols com o Neymar em campo são dele ou com assistência dele”, disse o treinador.

Sobre a condição física de Neymar, que foi cortado da Copa América por conta de uma lesão, o treinador gaúcho se mostrou tranquilo e garantiu que o atacante está 100% recuperado.

“Infelizmente, tivemos situação parecida na Copa do Mundo com processo de recuperação. Lembro no jogo da Croácia, ficou no banco, esperou e entrou. Eu, Fábio e o pessoal vamos estar muito atentos nesse desenvolvimento. Em relação à parte técnica e parte física, ela se confirmou. Vocês acompanharam no treino. Ele está pronto, em condições de fazer aquilo que a Seleção precisa”, completou Tite.

Retorno aos gramados

Depois de mais de três meses, o atacante Neymar volta a campo nesta sexta-feira contra a Colômbia. O camisa 10 deve formar o trio de ataque com Richarlison e Firmino. Já Coutinho deve atuar centralizado. O Brasil treinou para a partida com Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva, Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Coutinho; Richarlison, Neymar e Firmino.

O camisa 10 não atua desde o dia 5 de junho, quando esteve em campo nos primeiros 21 minutos da vitória por 2 a 0 do Brasil em amistoso contra o Catar em Brasília. Na ocasião, ele lesionou o tornozelo direito e foi cortado da Copa América.

Neymar queria deixar o PSG e retornar ao Barcelona, mas não conseguiu. No meio do imbróglio, o pai dele, Neymar Santos Silva, tentou de tudo para convencer o Real Madrid a contratar o craque, mas foram telefonemas sem efeitos. É o que afirmou o jornal espanhol Marca na terça-feira (03).

Conforme a publicação, o pai do atacante “não deixava de insistir na possibilidade de ver Neymar vestido com o branco madridista”. O diário explicou que Neymar Santos ligou várias vezes para a diretoria merengue, sondava todas as opções e o próprio jogador nunca negou essa alternativa. Ele tentou convencer o presidente Florentino Pérez a fechar contrato com o atacante brasileiro.

tags: NeymarTite

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Secretaria Municipal da Saúde garante que Porto Alegre não enfrenta surto de meningite
Emissão de CPF e restituição de Imposto de Renda voltam a ter risco de suspensão
Deixe seu comentário
Pode te interessar