Quinta-feira, 02 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Mostly Cloudy

Notícias Uma empresa paulista promete investir 100 milhões de reais em fábrica na cidade gaúcha de Montenegro

Compartilhe esta notícia:

Escolha do município do Vale do Caí foi atribuída a questões logísticas. (Foto: Divulgação/Hipermix)

Durante reunião com o governador gaúcho Eduardo Leite no Palácio Piratini, em Porto Alegre, representantes da companhia paulista Hipermix anunciaram oficialmente a construção de uma fábrica de cimento e argamassa na cidade de Montenegro, no Vale do Caí. Todo o desenvolvimento e a estruturação do projeto já estão sendo realizados pela empresa gaúcha M.Stortti.

Com um investimento inicial de aproximadamente R$ 100 milhões, o empreendimento deverá produzir 100 mil toneladas do produto por ano. O potencial, no entanto, é estimado em cinco vezes mais quando a unidade alcançar capacidade total de operação.

As instalações, que serão erguidas em um terreno no Distrito Industrial do município, deve ter a primeira fase concluída entre o fim deste ano e o começo de 2021. “Serão gerados imediatamente 30 empregos diretos e 120 indiretos, números que deverão aumentar na medida em que os trabalhos avançarem”, ressaltou o governo do Estado.

“Recebemos a notícia com especial entusiasmo pela decisão de investirem aqui no Rio Grande do Sul”, sublinhou Eduardo Leite. “Não vamos poupar esforços em tudo que for de nossa responsabilidade, além de auxiliar nas demais articulações necessárias, para que se confirmem os investimentos com o máximo de celeridade possível.”

De acordo com investidores, a cidade de Montenegro foi escolhida devido ao potencial logístico de recebimento de matéria-prima local e também à possibilidade de importação do Uruguai, bem como a facilidade para distribuição do produto para mercados estratégicos do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, além de outras regiões do País, bem como Argentina, Paraguai e Uruguai.

Participaram do encontro o secretário estadual interino Rubens Bender (Desenvolvimento Econômico e Turismo), o empresário Marcio Loucatelli, proprietário da Hipermix Brasil, o deputado federal Nereu Crispim, o deputado estadual Issur Koch e o prefeito de Montenegro, Kadu Müller, dentre outros representantes dos setores públicxo e privado.

GM

Na sexta-feira, a fábrica da GM (General Motors) em Gravataí alcançou a marca de 4 milhões de veículos produzidos. Em julho, a unidade na Região Metropolitana de Porto Alegre completará 20 anos de atividades no Rio Grande do Sul. “Essa é uma parceria que deu certo”, frisou a vice-presidente da multinacional norte-americana na América do Sul, Marina Willisch.

“O governo do Estado fez a sua parte no passado e, ao longo da história, foi viabilizando novos investimentos que ajudaram a modernizar e ampliar a fábrica”, acrescentou o governador Eduardo Leite. “Isso significou desenvolvimento, emprego, renda e geração de tecnologia no Estado. É um orgulho ter aqui no RS a fábrica da GM que tem a melhor condição de produtividade em todo o mundo.”

Em 2018, a montadora anunciou um investimento de R$ 1,4 bilhão para a nova plataforma de veículos de Gravataí. O resultado foi visto no final de dezembro passado, com o lançamento do novo Chevrolet Onix, o modelo mais vendidos do País segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

A fábrica da GM em Gravataí é a única no mundo que produz o Onix em três turnos, gerando mais empregos e trazendo ganhos de competitividade em relação às unidades da multinacional no México (América Central) e na China (Ásia).

Durante encontro com representantes da montadora, Leite reafirmou que a sua gestão tem feito a sua parte para atrair novos investimentos. Ele mencionou a aprovação do programa “Reforma RS”, as concessões de rodovias e hidrovias:

“A meta é melhorar o ambiente de negócios e tornar o Rio Grande do Sul mais competitivo em relação a outros Estados, por isso vou apresentar à Assembleia Legislativa um projeto um projeto de reforma tributária”.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

Quatro turistas poderão chegar a órbita mais distante já alcançada por um cidadão comum
Saiba como fugir dos principais golpes com cartão de crédito no carnaval
Deixe seu comentário
Pode te interessar