Sábado, 19 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Mostly Cloudy

Mundo Uma explosão em um posto de gasolina na Rússia deixou feridos

Compartilhe esta notícia:

A grande explosão foi provocada porque o fogo atingiu um dos tanques principais. (Foto: Reprodução de vídeo)

Uma explosão em um depósito de combustíveis deixou ao menos 12 feridos nesta segunda-feira (10) em Volgogrado, na Rússia.

O momento da explosão foi gravado por testemunhas, que filmavam o incêndio que atingia o local. Segundo o Ministério de Situações de Emergência, a grande explosão foi provocada porque o fogo atingiu um dos tanques principais, onde havia uma grande quantidade de combustível armazenado.

Segundo a imprensa local, entre os feridos estão quatro funcionários do ministério e um bombeiro, que atuavam no combate ao incêndio, que foi inicialmente reportado por volta das 12h40min locais.

As chamas foram controladas pouco depois da explosão, de acordo com a agência Ruptly. A causa do incêndio ainda não foi identificada e será investigada.

Líbano

O primeiro-ministro do Líbano, Hassan Diab, renunciou nessa segunda-feira (10). Ministros de seu governo estavam abandonando seus postos em consequência da megaexplosão no porto de Beirute, na semana passada, e em meio a uma onda de protestos que começou no fim de semana.

Pouco antes do anúncio, ele afirmou que a explosão foi resultado de corrupção endêmica no governo. Em um discurso curto transmitido pela TV, ele afirmou que vai dar “um passo para trás para poder estar com o povo e lutar por mudanças junto com as pessoas”.

O presidente do país, Michel Aoun, aceitou o pedido de demissão do premiê libanês mas anunciou, em um pronunciamento televisionado, ter pedido a Diab que seguisse trabalhando de maneira interina até a formação de um novo governo.

A renúncia foi anunciada em mais um dia de protestos no Líbano, enquanto manifestantes que faziam ato no centro revitalizado de Beirute atiravam pedras em agentes de segurança que tentavam proteger a entrada do Parlamento. As forças do Estado respondiam ao protesto com gás lacrimogêneo.

No fim de semana, moradores da capital do país começaram a protestar contra o governo. Diab enfrentou pressão crescente para deixar o cargo. Ele havia dito, no sábado (8), que solicitaria eleições parlamentares antecipadas.

Explosão

A explosão de mais de quase 3 mil toneladas de nitrato de amônio, em 4 de agosto, matou pelo menos 163 pessoas, feriu mais de 6 mil e destruiu partes da movimentada capital mediterrânea, combinando meses de colapso político e econômico.

O gabinete, formado em janeiro com o apoio do poderoso grupo Hezbollah, apoiado pelo Irã e seus aliados, se reuniu com muitos ministros querendo renunciar, de acordo com fontes ministeriais e políticas.

Os ministros da Informação e Meio Ambiente renunciaram no domingo (9). A mesma decisão foi tomada pela ministra da Justiça e vários legisladores do país, que se demitiram nessa segunda.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Eleição nos Estados Unidos 2020: Quem está na frente nas pesquisas? Donald Trump ou Joe Biden?
Rússia registra a primeira vacina contra o coronavírus do mundo, anuncia o presidente do país, Vladimir Putin
Deixe seu comentário
Pode te interessar