Sábado, 04 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Fair

Capa – Caderno 1 Uma menina de 10 anos foi morta por um leão no Zimbábue após ida ao banheiro

O caso aconteceu no vilarejo de Chiredzi. (Foto: Reprodução)

Uma garota de 10 anos morreu na África após ser atacada por um leão. Mitchell Mucheni deixou a cabana onde morava para urinar em um banheiro na parte de trás do terreno. De acordo com a polícia do Zimbábue, um leão se aproximou e atacou a criança. O caso aconteceu no vilarejo de Chiredzi. O animal arrastou o corpo de Mitchell para a mata.

Mawonei Muchacha, tia da garota de 34 anos, testemunhou a cena, aterrorizada. Mawonei declarou ao jornal local Chronicle que seguiu o rastro do animal com a ajuda de um vizinho. Eles encontratam o corpo da sobrinha a 300 metros de distância. Segundo o porta voz da polícia local, inspetor Kudakwashe Dehwa, o incidente ocorre ocorreu por volta das 19h.

O corpo foi encaminhado para o Hospital Geral de Chirezdi para a realização da autópsia. De acordo com a BBC, conflitos entre pessoas e animais são comuns nessa região do Zimbábue. No mês passado, moradores apelaram às autoridades responsáveis pelos parques após leões soltos matarem parte do gado dos aldeões. A polícia fez um relatório  detalhado do ataque ao ZimParks, responsável pela administração dos animais selvagens na região, que ainda não se manifestou sobre o caso.

Canadá

Um ataque inusitado assustou frequentadores de Steveston, uma vila de Richmond, no Canadá, que pertence à província de Colúmbia Britânica. Um leão marinho atacou uma criança que estava nas proximidades do lago. A cena foi gravada por um turista. Na gravação, o animal tentou atacar a garota, que, após a tentativa, sentou-se perto do lago, foi atacada e puxada para dentro d’água.

Pessoas que estavam no local começaram a gritar desesperadas no momento do ataque. “Oh my God! Oh my God!” (Meu Deus! Meu Deus!) era o grito que soava. Um familiar pulou para salvar a criança da boca do leão marinho. A menina saiu sem ferimentos e foi levada para longe pela mãe.

Brasil

No Brasil, um homem de 68 anos morreu em Marília, interior de São Paulo, após ser atacado por um búfalo. Mário Eugênio Tavares estava em um terreno ao lado de sua casa quando foi surpreendido pelo animal, que estava no
pasto ao lado da residência. O búfalo, que pode chegar a 600 quilos, o atacou de forma repentina. A esposa da
vítima contou que Tavares foi atacado depois de ter entrado na propriedade vizinha com a intenção de cortar os galhos de uma árvore.

Tavares teve uma parada cardiorrespiratória após o ataque. Ele foi levado ao Hospital das Clínicas de Marília para receber atendimento. Segundo a assessoria de imprensa do local explicou, o homem morreu antes mesmo de chegar à unidade hospitalar. O caso foi registrado na Delegacia Seccional de Marília. As autoridades solicitaram perícia no local, além de exame necroscópico. O búfalo é considerado um dos animais mais perigosos do mundo. Apesar de ele ter como principal inimigo o leão, estima-se que ele mate 200 humanos por ano no mundo.

 

tags: leãomata

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Coletivo Jovem abre inscrições para cursos de capacitação gratuitos para jovens de Porto Alegre e Região Metropolitana
O Governo Federal pede à Argentina apoio aos brasileiros retidos em Bariloche
Deixe seu comentário
Pode te interessar