Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Mostly Cloudy

Mundo União Europeia faz apelo por medidas reforçadas para evitar segunda onda da pandemia do coronavírus

Compartilhe esta notícia:

“Todos os Estados membros devem reforçar as medidas imediatamente e diante do primeiro sinal de potenciais novos focos”, afirmou a comissária da UE

Foto: Reprodução
“Todos os Estados membros devem reforçar as medidas imediatamente e diante do primeiro sinal de potenciais novos focos”, afirmou a comissária da UE. (Foto: Reprodução de internet)

Os Estados membros da UE (União Europeia) devem reforçar “imediatamente” as medidas de controle e proteção para frear uma segunda onda da pandemia de coronavírus, afirmou nesta quinta-feira (24) a comissária da Saúde do bloco, Stella Kyriakides.

“Todos os Estados membros devem reforçar as medidas imediatamente e diante do primeiro sinal de potenciais novos focos”, afirmou a comissária, antes de destacar que “talvez seja a última chance de evitar a repetição da situação da primavera passada” (hemisfério norte).

Kyriakides recordou que em várias regiões do bloco “a situação agora é pior que no pico da pandemia em março e isto é realmente preocupante”. A comissária destacou que a flexibilização das medidas de controle no verão levou a “um aumento no número de casos”.

“Não podemos baixar a guarda. Esta crise não foi superada”, insistiu, antes de recordar que o inverno, que começará em breve na Europa, “é o período do ano em que temos mais doenças respiratórias”.

Diante do cenário, Kyriakides disse que era “absolutamente necessário enviar uma mensagem clara e forte” a todos os países do bloco. Ela ressaltou que em alguns países se observa um cansaço com as medidas instauradas para frear o avanço do vírus e um “desprezo pelas normas”, que algumas vezes se traduzem em protestos.

A comissária pediu aos países que façam “todo o possível” para combater a desinformação e as notícias falsas sobre a Covid-19, que criam “mais confusão para os cidadãos”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Fernando de Noronha anuncia abertura total a turistas a partir de outubro
Pantanal tem maior número mensal de focos de incêndios da história
Deixe seu comentário
Pode te interessar