Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Esporte Vitória histórica do Brasil há 50 anos na Copa Davis em Porto Alegre é lembrada em exposição

Compartilhe esta notícia:

Apresentação das equipes do Brasil e dos Estados Unidos há 50 anos. (Foto: Arquivo/Comunicação ALJ)

No dia 12 de abril, a Associação Leopoldina Juvenil fará o lançamento da exposição que marca os 50 anos da disputa da semifinal da Copa Davis de Tênis nas quadras do clube, em Porto Alegre. A partir das 21h, no Salão Boa Vista na sede Marquês do Herval (Rua Marquês do Herval, nº 280, Bairro Moinhos de Vento), a diretoria apresenta o projeto que irá resgatar a memória dos confrontos entre Brasil e Estados Unidos, em 1966, na mesma sede.

Um pouco de história

A escolha do Juvenil como sede da etapa decisiva da competição teve origem no desejo do então capitão do Brasil, Paulo da Silva Costa, em homenagear a dupla de tenistas titular, formada pelos gaúchos Edison Mandarino e Thomaz Koch. Campeões na zona europeia, os brasileiros partiram para o confronto em Porto Alegre contra os Estados Unidos, classificados na zona americana.

Durante os dias 5 e 7 de novembro de 1966, a quadra principal da sede Marquês do Herval ficou lotada para receber os jogos da chave. Do lado brasileiro, Edison Mandarino abriu a série com derrota para o norte-americano Dennis Ralston, mas recuperou-se na partida seguinte com vitória sobre Cliff Richey.

Atletas em quadra e parte do público na arquibancada do clube. (Foto: Arquivo/Comunicação ALJ)

Atletas em quadra e parte do público na arquibancada do clube. (Foto: Arquivo/Comunicação ALJ)

Mandarino e o compatriota Thomaz Koch, no jogo de duplas, foram superados pela equipe adversária. A virada veio nas duas últimas da série de cinco jogos na capital gaúcha, com o 3 sets a 0 de Koch contra Richey, e o 3 sets a 2 de Mandarino contra Ralston.

Para comemorar a vitória final, os atletas brasileiros desfilaram em carreata pelas ruas da cidade, tendo à frente Mandarino e Koch. Nas finais, disputadas em quadra de grama e não no tradicional saibro, os brasileiros acabaram superados pela Índia, na casa do adversário, com disputa sendo definida apenas no último jogo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Real Madrid perde e se complica na Liga, e PSG empata em casa com Manchester City
D’Alessandro marca seu primeiro gol pelo River Plate
Deixe seu comentário
Pode te interessar