Terça-feira, 16 de julho de 2024

Porto Alegre
Porto Alegre, BR
14°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Esporte Vôlei Feminino: Brasil perde para o Japão e cai na semifinal da Liga das Nações 2024

Compartilhe esta notícia:

Com o resultado negativo, a seleção brasileira enfrentará a Polônia neste domingo (23), às 7h (de Brasília)

Foto: FIVB
Com o resultado negativo, a seleção brasileira enfrentará a Polônia neste domingo (23), às 7h (de Brasília), em disputa valendo o bronze da competição (Foto: FIVB)

Chegou ao fim o sonho do título inédito no Brasil na Liga das Nações de Voleibol Feminino. Depois de 13 vitórias consecutivas, a equipe comandada por José Roberto Guimarães perdeu para o Japão por 3 sets a 2, com parciais de 26/24, 20/25, 25/21, 22/25 e 15/12.

A partida ocorreu na manhã deste sábado (22), em Bangkok, na Tailândia, válida pela semifinal da VNL 2024. Com o resultado negativo, a seleção brasileira enfrentará a Polônia neste domingo (23), às 7h (de Brasília), em disputa valendo o bronze da competição.

Gabi foi a maior pontuadora do Brasil, com 21 pontos, sendo 20 de ataque. Bergmann anotou 17, enquanto Rosamaria e a central Thaisa fizeram 16 cada. Já Carol fez 14 pontos. Pelo lado do Japão, a oposta Wada fez 21 pontos, enquanto Sarina Koga anotou 18.

Gabi é a maior pontuadora do Brasil na VNL (Foto: FIVB)

Assim como vem acontecendo nos últimos encontros entre Brasil e Japão em competições, o jogo foi recheado de longos ralis e sem pontos fáceis. Além disso, o duelo também foi marcado por muitas reviravoltas.

Resumo do jogo

Primeiro set

O Japão tomou as rédeas do jogo desde o início. A forte defesa foi a marca da equipe asiática, que chegou a ter uma diferença de 11/4. Sem conseguir pontuar no ataque e com uma linha de recepção ruim, o treinador Zé Roberto Guimarães mexeu na equipe brasileira logo cedo e promoveu a inversão do 5×1, com Macris e Tainara entrando em quadra, bem como Júlia Bergmann no lugar de Ana Cristina.

Macris entrou bem no lugar de Roberta (Foto: FIVB)

O Japão seguiu na frente e chegou a ter 15/8. A partir disso, o Brasil começou a reagir. Com Thaisa, Bergmann e Tainara na rede e Macris na linha de saque, os bloqueios fizeram a diferença e as brasileiras anotaram seis pontos seguidos, diminuindo a diferença para um ponto. A seleção seguiu com o mesmo ímpeto. Passou a frente em 18/17 e abriu vantagem sobre o Japão

O Brasil chegou a abrir 24/21 e teve três set points. Quando o Japão parecia entregar o set, veio uma nova reviravolta. As japonesas salvaram os set points, com direito a dois erros de Júlia Bergmann, que até então fazia uma partida impecável. Zé Roberto promoveu a volta de Roberta e Rosamaria, mas não deu certo. O Japão anotou mais dois pontos para conseguir a vitória no primeiro set por 26/24.

Segundo set

Na segunda etapa, Macris e Júlia Bergmann seguiram em quadra, e Rosamaria voltou. Assim como na parcial anterior, o Japão abriu frente no começo e chegou a ter 10/5 de vantagem. O Brasil voltou ao jogo com uma boa defesa e muita paciência no ataque, virando o duelo em 12/11. Macris distribuiu bem as bolas e Thaisa, Gabi, Rosamaria e Júlia Bergmann passaram a converter os ataques. Assim, a seleção brasileira seguiu na frente e aumentou a vantagem, fechando o segundo set em 25/20.

Terceiro set

Diferente das outras parciais, a equipe de Zé Roberto Guimarães conseguiu ter uma vantagem no terceiro set e chegou a 9/7. No entanto, o Japão virou rapidamente e abriu cinco pontos de vantagem. Com uma sequência de pontos de bloqueio de Carol e Thaisa, o Brasil voltou a reagir. O Japão chegou a ter 22/17 e a diferença caiu para um ponto. No entanto, a equipe asiática voltou a ter o controle e fechou a terceira parcial em 25/21.

Quarto set

O quarto set começou bem para o Brasil, que marcou os seis primeiros pontos da parcial. No entanto, o Japão se recuperou na partida e empatou em 10/10. Júlia Bergmann teve que deixar a quadra ao sentir um desconforto na perna e Ana Cristina retornou. A seleção brasileira voltou a ter quatro pontos de vantagem, mas o Japão empatou. No fim, os bloqueios fizeram a diferença e o Brasil venceu o quarto set por 25/22.

Tie-break

O tie-break não começou bem para o Brasil. Sem virar os ataques, a equipe de Zé Roberto viu as japonesas abrirem 4/0. O técnico brasileiro parou o jogo e, na volta, Carol marcou o primeiro ponto brasileiro. No entanto, a própria central parou no bloqueio por duas vezes seguidas e o Japão abriu 7/1. Com ótima passagem de Carol, a seleção marcou cinco pontos seguidos e cortou a diferença para um. O Brasil seguiu com um bom ímpeto e empatou em 9/9. As equipes trocaram pontos e o Japão conseguiu abrir 13/11 após um erro de recepção de Ana Cristina. O Japão administrou a vantagem e fechou em 15/12, definindo a partida em vitória por 3 sets a 2

Japão fará sua primeira final da VNL feminina (Foto: FIVB)

Disputa pelo Bronze

Esta é a segunda vez que a seleção feminina cai na semifinal da Liga das Nações, repetindo o que aconteceu em 2018. O Brasil buscava chegar a sua quarta final na competição e queria o primeiro título após ser vice em 2019, 2021 e 2022. A final da VNL 2024 será entre Japão e Itália, neste domingo (23), às 10h30min (de Brasília). A equipe asiática quer seu primeiro título, enquanto a seleção europeia busca o bicampeonato.

Gabi foi a maior pontuadora do Brasil, com 21 pontos, sendo 20 de ataque. Bergmann anotou 17, enquanto Rosamaria e a central Thaisa fizeram 16 cada. Já Carol fez 14 pontos. Pelo lado do Japão, a oposta Wada fez 21 pontos, enquanto Sarina Koga anotou 18.

Disputando a medalha de bronze, o Brasil jogará contra a Polônia, neste domingo (23), às 7h (de Brasília).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Eurocopa 2024: Portugal vence a Turquia por 3 a 0, avança às oitavas de final e lidera Grupo F
Ministro do Supremo Gilmar Mendes pede mudança na “cultura do encarceramento” no Brasil
https://www.osul.com.br/volei-feminino-brasil-perde-para-o-japao-e-cai-na-semifinal-da-liga-das-nacoes-2024/ Vôlei Feminino: Brasil perde para o Japão e cai na semifinal da Liga das Nações 2024 2024-06-22
Deixe seu comentário
Pode te interessar