Terça-feira, 18 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Mostly Cloudy

Futebol “Vou trazer essa vitória de qualquer jeito, nem que seja morto”, diz Neymar sofre o jogo desta terça contra o Manchester City

Compartilhe esta notícia:

Camisa 10 do PSG reforça confiança na virada contra o Manchester City na semifinal da Champions. (Foto: PSG/Divulgação)

Mesmo reconhecendo que a missão do Paris Saint-Germain no jogo de volta da semifinal da Liga dos Campeões não é fácil, o craque brasileiro Neymar reforçou a confiança na classificação do time francês para a decisão.

Derrotado em casa por 2 a 1 no jogo de ida, o PSG enfrenta o Manchester City nesta terça-feira (4), às 16h, precisando vencer por dois gols de diferença na Inglaterra, ou um gol de vantagem a partir de 3 a 2, para decidir novamente a competição.

“Temos uma partida muito difícil contra o Manchester mas a gente tem que acreditar. Por mais que tenha 1% de chance, mas todo parisiense tem que crer na gente. Eu sou o primeiro que vou dar a cara, sou o primeiro guerreiro, vou em busca dessa guerra. Vou dar tudo de mim, me dedicar, vou trazer essa vitória de qualquer jeito, nem que seja morto”, afirmou Neymar em vídeo divulgado pelo PSG nas redes sociais.

Mbappé é dúvida

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (3), um dia antes da partida de volta contra o Manchester City, o técnico do PSG, Mauricio Pochettino, evitou fazer previsões sobre a presença de Mbappé na partida. Segundo Poch, o atacante seria reavaliado durante o treino.

“Kylian vai treinar individualmente hoje, aí vamos ver se ele consegue começar (como titular) amanhã”, explicou.

Desfalque na vitória por 2 a 1 sobre o Lens, no último sábado, o camisa 7 tem uma lesão na panturrilha direita e segue mancando, segundo informações da imprensa francesa. O atacante viajou com o elenco do PSG para Manchester (Inglaterra). O argentino Icardi, titular em parte da temporada, pode ser o substituto caso Mbappé não esteja disponível.

“Precisaremos ser agressivos desde o começo e precisos. Será uma batalha”, avaliou Pochettino antes do duelo. O PSG precisa reverter uma vantagem de 2 a 1 obtida pelos ingleses no Parque dos Príncipes. O empate dá a classificação à decisão ao City.

Pep Guardiola

O técnico Pep Guardiola admitiu a ansiedade em buscar a vaga para a decisão. No entanto, o comandante do Manchester City lembrou que a equipe não pode abdicar do seu estilo de jogo.

“A vontade de chegar à final é normal, nunca estivemos antes aqui. Devemos focar em nós mesmos para ler o jogo, ficar juntos nos momentos ruins, sofrer juntos. Tentaremos impor o nosso jogo o máximo possível. Devemos defender bem, ser pacientes e tentar fazer gols”, disse Guardiola.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Futebol

Cristiano Ronaldo voltará a jogar em Portugal após o fim de seu contrato com a Juventus
Neymar recebe nota 2 de revista após queda do Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões
Deixe seu comentário
Pode te interessar