Últimas Notícias > Notícias > Mundo > Manifestantes são dispersados com gás lacrimogêneo em Hong Kong em novo dia de protestos

Calor acima do esperado impulsiona vendas de ventiladores e ar condicionados

(Foto: Divulgação)

O forte calor tem levado as pessoas a aumentar a procura no comércio pelos aparelhos de ar condicionado e ventiladores. De acordo com José Jorge do Nascimento, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), o calor de fato veio muito acima do esperado por todos, mas a indústria tem plenas condições de atender a novos pedidos.

“O que tem ocorrido é que este verão intenso pegou indústria e comércio de surpresa. Como as empresas evitam ter muitos produtos no estoque e como há um timing necessário para a colocação de novos pedidos, produção e entrega, é possível que haja a falta eventual de algum modelo ou produto”. De todo modo, diz ele, todos esforços estão sendo feitos no sentido de atender plenamente o consumidor e evitar que ocorra a caracterização de desabastecimento. Conforme José Jorge do Nascimento, a indústria está preparada e irá atender a todos os pedidos adicionais, sem deixar desabastecida nenhuma região do País.

De acordo com a Eletros, a produção de ar condicionado em 2018 deve registrar aumento médio de 4% em relação ao ano anterior. Neste segmento, há dois tipos de aparelhos, o split e o janela. Em 2018 devem ter sido produzidos 3,3 milhões do split e 430 mil modelo janela, contra 3,03 milhões e 251 mil, respectivamente, do ano anterior. Em ventiladores também a procura está intensa. Em 2016 foram produzidos 9,726 milhões de aparelhos, número que passou a 9,854 milhões em 2017. No ano passado, foram produzidos 10,458 milhões de unidades.

Deixe seu comentário: