Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Fair

Capa – Coluna Direita Especialista garante que um asteroide vai colidir com a Terra, mas não diz quando

Especialista afirma que objeto é maior que a torre Eiffel, mas alega não ser possível dizer quando isso irá acontecer e que região atingirá. (Foto: Reprodução de internet)

Uma cientista norte-americana, de uma ONG dedicada à proteção da Terra contra asteroides, afirmou com 100% de certeza que um um asteroide vai se chocar contra o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da B612 Foundation.

Danica afirma que um asteroide chamado 2006 QQ23 está vindo em direção à Terra e não há como reverter isso. A cientista afirma que o asteroide seria maior do que a Torre Eiffel. “É 100% de certeza de que ele vai se chocar com a Terra, só não sabemos com 100% de certeza quando isso vai acontecer”, afirmou a cientista.

A presidente da ONG ainda explicou que um asteroide com as medidas do 2006 QQ23 tem a capacidade de destruir completamente uma grande cidade e matar milhares de pessoas, mas não tem força suficiente para destruir a Terra completamente.

A Nasa (agência espacial norte-americana) previa que o asteroide 2006 QQ23 iria passar pela Terra no dia 10 de agosto. Danica, por outro lado, defende que é impossível calcular com precisão a data exata em que irá acontecer, mas afirma que até o final de agosto há chances de acontecer. Veículos internacionais como o NBC News e o britânico Express também tem repercutido a possibilidade de o asteroide se chocar com a Terra.

Teste de trajes especiais

A SpaceX vem desenvolvendo trajes espaciais que astronautas da Nasa usarão na Estação Espacial Internacional (e além) quando a nave Crew Dragon estiver em operação e, agora, a Nasa já começou a testar estes trajes, contando com os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley nesta missão.

A dupla em questão vem fazendo “procedimentos de adequação” na sede da SpaceX, que fica na Califórnia, sob supervisão da Nasa. A ideia é praticar todos os passos que acontecerão antes de um lançamento já vestindo os trajes, e a equipe também passou por vários testes que simulam situações de emergência dentro de um simulador da Crew Dragon.

A nave já fez um primeiro voo não tripulado com sucesso, acoplando-se à ISS em março deste ano, na missão que foi chamada de Demo-1. Já a Demo-2, a primeira com tripulação, mas ainda em caráter de testes, deveria ter acontecido em julho, mas a explosão da nave durante testes feitos em abril fez com que este cronograma fosse adiado. Espera-se que este primeiro lançamento tripulado da Crew Dragon rumo à ISS aconteça somente no ano que vem.

Voltar Todas de Capa – Coluna Direita

Compartilhe esta notícia:

Sine no Bairro estará em Belém Novo nesta sexta-feira
A China fez exercícios militares perto da fronteira com Hong Kong aumentando a pressão contra ativistas
Deixe seu comentário
Pode te interessar