Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Obra do Dmae deixa o bairro Pedra Redonda sem água nesta quarta-feira

CNH têm redução de 14% do seu valor no Rio Grande do Sul

(Foto: Divulgação)

Uma boa notícia para quem quer tirar a Carteira Nacional de Habilitação nos próximos tempos. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) reduziu de 25 para 20 horas a quantidade de aulas práticas obrigatórias para fazer a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O órgão também determinou que o uso do simulador nas aulas de direção é facultativo.

Segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, as medidas foram aprovadas tendo em vista a redução da burocracia no processo de retirada da habilitação. Freitas ainda estimou uma redução de até 15% no valor cobrado nos centros de formação, ainda que as autoescolas não sejam obrigadas a repassar a economia. “Isso é importante para muito centro de formação de condutores que não possuíam o equipamento. Agora eles não vão precisar adquirir o equipamento ou fazer comodato e isso certamente terá um custo na carteira. As aulas de simulador têm um custo diferente, mas dá para estimar que a gente vá ter uma redução de até 15%. A ideia é deixar que o mercado defina isso”, disse.

Valores

Com isso, o valor pago pelo documento cairá de R$ 2.270,76 para R$ 1.954,91 – uma redução de quase 14%. O cálculo é do Departamento Estadual de Trânsito gaúcho (Detran-RS).

Com a mudança, o condutor terá que obrigatoriamente fazer 20 horas de aulas práticas. Se optar pelo uso do simulador, serão 15 horas de aulas práticas e 5 horas no equipamento. Os centros de formação têm o prazo de 90 dias para a implementação das novas regras.

A decisão do Contran foi comemorada pelo presidente Jair Bolsonaro em suas redes sociais:

 

Deixe seu comentário: