Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
31°
Fair

Porto Alegre Como ficará o trânsito durante as obras do trecho 3 da Orla

Alterações foram explicadas nesta quinta-feira.

Foto: Gustavo Roth/EPTC PMPA
Alterações foram explicadas nesta quinta-feira. (Foto: Gustavo Roth/EPTC PMPA)

Foram apresentados nesta quinta-feira (21) os detalhes das alterações no trânsito e o projeto das obras do trecho 3 da Orla Moacyr Scliar. Devido ao intenso trânsito de caminhões que já ocorre no sentido Centro-bairro da avenida Edvaldo Pereira Paiva, a ciclovia será bloqueada durante os trabalhos, entre a avenida Ipiranga e a rua Nestor Ludwig, na altura do Parque Gigante. A previsão de duração das obras é de 12 meses.

“Para garantir a segurança de pedestres e ciclistas, uma calçada/ciclofaixa de 1,7 quilômetro será implantada temporariamente no sentido bairro-Centro, junto à pista da Edvaldo Pereira Paiva, que cede uma das faixas de veículos no trajeto. Como obras alteram as rotinas, é preciso um pouco de paciência, pois as características nesse trecho não permitem a utilização da ciclovia em segurança. Uma obra sobre a área do Parque Marinha para a construção de uma ciclovia à parte nesse trecho seria inviável, porque o custo para a estrutura provisória poderia ultrapassar 1 milhão de reais”, explica o diretor-presidente da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação), Fabio Berwanger Juliano. A partir da rua Nestor Ludwig, a ciclofaixa faz conexão com a ciclovia em seu trajeto normal, no sentido Centro-bairro.

A área de lazer também terá alteração nos finais de semana e feriados, sendo transferida para o sentido bairro-Centro, a partir do viaduto Abdias do Nascimento até a avenida Ipiranga. A mudança começa a partir do último final de semana de novembro. Para maior segurança dos usuários, uma travessia exclusiva para pedestres será instalada junto à área de lazer, aos sábados, domingos e feriados. Será utilizada para a transposição da avenida Edvaldo em direção ao Pontal e Zona Sul.

A estimativa é que a sinalização esteja concluída até o fim da semana. A faixa que receberá a ciclovia e a calçada já estão sendo pintadas. Também estão sendo colocados tachões para delimitar a ciclovia/passeio e instaladas as placas de indicações. “Todos os serviços da sinalização provisória e o cercamento da área da obra devem ser finalizados até lá. Para segurança de todos, somente após essas etapas haverá a mudança e a interdição ao público. A ação é necessária porque o trecho vai receber intenso tráfego de caminhões no sentido Centro-bairro, de segunda-feira a domingo, 24 horas por dia”, diz o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen.

Confira as alterações no trânsito

1. Veículos

Nos dias úteis, o trânsito de veículos será normal na Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio), nos dois sentidos. Aos sábados, domingos e feriados, o bloqueio no sentido Centro-bairro, para lazer, será invertido entre o Viaduto Abdias do Nascimento e a avenida Ipiranga para a pista no sentido bairro-Centro. Ficarão proibidas as conversões e retornos dos veículos à esquerda na Edvaldo Pereira Paiva. O trânsito de veículos ficará liberado no sentido Centro-bairro.

2. Novo semáforo

Será instalado um semáforo, com funcionamento aos sábados, domingos e feriados, para facilitar a travessia de pedestres na Edvaldo Pereira Paiva, no sentido Centro-bairro, nas proximidades da Escola Imperadores do Samba.

3. Semáforos desativados

Com o bloqueio da área atual de ciclovia e passeio nesse trecho, dois semáforos e duas faixas de pedestres ficarão desativadas durante as obras, já que, com o cercamento, eles perdem a sua funcionalidade.

4. Acesso local

As ruas que ligam a avenida Padre Cacique à avenida Edvaldo Pereira Paiva (Nestor Ludwig, Fernandão e Carlos Medina) serão exclusivas para acesso de trânsito local.

Técnicos e agentes da EPTC vão monitorar a circulação na área das obras para ajustes, se necessários. Eventuais alterações no trânsito serão sinalizadas antecipadamente com as devidas orientações, conforme o avanço das obras.

Projeto do trecho 3

O trecho 3 da Orla do Guaíba compreende 1,6 mil metros, entre o arroio Dilúvio, próximo ao Anfiteatro Pôr do Sol, e o Parque Gigante. O novo espaço terá ciclovia, grande área de arborização e iluminação led 24 horas. Assim como o projeto do trecho 1, entregue revitalizado em junho de 2018, o trecho 3 também é de autoria do arquiteto Jaime Lerner.

A área de intervenção na Orla é de 14,6 hectares, com previsão de aproximadamente 200 vagas de estacionamento no canteiro central da avenida Edvaldo Pereira Paiva, mais de 550 árvores dos tipos cedro, figueira, jerivá, cerejeira e coronilha, três estruturas de bares idênticas às já em funcionamento no trecho 1, quadras para prática esportiva, vestiários e a maior pista de skate da América Latina certificada pela Confederação Brasileira de Skate e pelo Comitê Olímpico Brasileiro.

Os recursos para execução das obras, com conclusão estimada em 12 meses, são provenientes do CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina), do Fundo Municipal de Iluminação Pública e do Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgotos).

Voltar Todas de Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Prefeitura assina contrato para revitalizar a Usina do Gasômetro
Vandalismo em subestação atinge iluminação do Parque Farroupilha
Deixe seu comentário
Pode te interessar