Últimas Notícias > Notícias > Brasil > “O PSL poderia ter acabado se não desse sigla a Bolsonaro”, diz líder do governo

Demi Moore fala, pela primeira vez, sobre overdose que sofreu em 2012

Após sete anos, Moore resolveu contar os detalhes sobre a overdose de 2012. (Foto: Dimitrios Kambouris/AFP)

Demi Moore está para lançar um o livro, Inside Out, uma autobiografia, onde a atriz revela, pela primeira vez, os momentos excessivos em sua vida, como o vício em álcool e drogas. Após sete anos, Moore resolveu contar os detalhes sobre a convulsão que teve em 2012, causada por uma overdose. Ela explica que, quando tudo aconteceu, estava dando uma festa em sua casa com a filha Rumer.

“Fiz o que as outras pessoas estavam fazendo, inalei uma quantidade de óxido nitroso, e quando fez efeito eu me afundei no sofá da sala e fumei maconha sintética, era chamada de Diablo, apropriadamente. A próxima coisa da qual me lembro é de tudo estar enevoado e ver eu mesma de cima. Eu estava flutuando por cima do meu corpo e parecia que essa era a minha chance: eu poderia deixar a dor e a vergonha da minha vida para trás”, conta. A atriz foi encaminhada para o hospital e após o episódio, Rumer e os outros filhos de Demi, Tallulah e Scout, ficaram bravos e cortaram relações com ela, assim como seu ex-marido, Bruce Willis. Eles só retornaram contato quando Moore resolveu se internar em uma clínica de reabilitação.